Frases soltas por aí... no mundo!!

Vídeos legais

Loading...

sábado, 30 de maio de 2009

Um monte de três coisas!!!!!!!!


Três coisas na vida que depois de passarem não voltam:
1. Tempo
2. Palavras
3. Oportunidades

Três coisas que podem destruir uma pessoa:
1. Raiva
2. Orgulho
3. Não perdoar

Três coisas que nunca devemos perder:
1. Esperança
2. Paz
3. Honestidade

Três coisas que são valiosas:
1. Amor Verdadeiro
2. Familia
3. Amigos

Três coisas que nunca podem ser dadas como certas:
1. Fortuna
2. Sucesso
3. Sonhos

Três coisas que fazem ser uma pessoa digna:
1. Compromisso
2. Sinceridade
3. Trabalho honesto



quarta-feira, 27 de maio de 2009

DICA PARA OS PÉS


Em regra ninguém pensa nos pés, enquanto eles não doem ou não incomodam. Outro tanto não acontece com os nossos olhos, ouvido e dentes, com os quais dispensamos somas, não pequenas. Também gastamos grande quantidade de dinheiro com cosméticos e outros preparados, para apresentarmos uma boa aparência, mas dos nossos pés que nos transportam a toda parte e correm para nossa prosperidade, cuidamos muito pouco.

Encontre aqui algumas dicas bem básicas, para cuidar melhor dos seus pés e torná-los mais bonitos e saudáveis:
  1. Não use o mesmo sapato dois dias seguidos, isso ajuda a evitar micose.
  2. Use creme hidratante específico para pés, todos os dias.
  3. Seque bem os pés com toalha e se necessário, use secador de cabelo, (temperatura fria) entre os dedos.
  4. Dê preferência as meias de algodão.
  5. Evite usar meias finas, pois elas favorecem o aparecimento de micoses.
  6. Corte as unhas sempre retas, sem arredondar.
  7. Ande descalço sempre que for possível.
  8. Sempre que aparecer algum ponto branco ou deslocamento na unha, procure um dermatologista.
  9. Quando ocorrer algum problema como micose ou unha encravada, não tente resolve-lo sozinho, procure um especialista (dermatologista ou podólogo).

MEUS PÉS ESTÃO ACABANDO COMIGO!

Uma reclamação comum que a maioria das pessoas têm, principalmente as mulheres que usuárias assumidas do salto alto, é: “Meus pés estão acabando comigo!”.

DICA: O escalda-pés é um segredo antigo, pra manter os pés bonitos e relaxados. A água morna com sais e aromas alivia a tensão, aspereza e a dor dos calos formados pelo uso de sapatos apertados, com bico fino ou saltos altos.

A reflexologia podal alivia a tensão e pode prevenir problemas de saúde. A experiência inteira é muito agradável e relaxante.

Já para manter os pés macios e hidratados, uma receitinha rápida garante pele lisa a eles. Lave seus pés em uma bacia com algumas gotinhas de óleo essencial de sua preferência e depois enxugue bem. Em seguida, espalhe hidratante à base de glicerina.

Ingredientes:
  • uma bacia grande
  • água morna
  • essências florais de sua preferência
  • sais de banho variados
  • flores
Coloque a água morna na bacia com todo o material e deixe os pés descansarem por 15 minutos. Pra completar o tratamento, enxágüe e enxugue os pés. Pressione-o ponto a ponto com o dedo polegar.


PASSO-A-PASSO:
  1. Coloque água morna (no máximo 40 graus) em uma bacia.
  2. Adicione sais de banho da sua preferência.
  3. Dê charme e aproveite as boas energias das flores
  4. O visual do escalda-pés é um dos fatores de relaxamento.
  5. Mergulhe os seus pés por 15 minutos.

DICAS PARA O BEM-ESTAR


Ter bem-estar é estar bem consigo mesmo, em plena atitude de aceitação de seu corpo, de sua mente, de sua vida. Procure não fazer deste conceito apenas uma filosofia bonita, procure segui-lo com perseverança se deseja ser feliz.
  • AO ACORDAR Não desperte apenas sua mente, aproveite e alongue-se ainda na cama. Sente-se e mexa com cada articulação em movimentos rotatórios ou de flexão e extensão. Dê bom dia ao seu corpo e verá como seu despertar será bem mais agradável.
  • TOME PELO MENOS de um a dois copos de água em jejum. Nosso corpo é composto de 70% de água e vai lhe agradecer se você tiver este carinho com ele. Rins e intestino funcionam melhor se bem hidratados e a pele ganha mais brilho e elasticidade.
  • NO CHUVEIRO, enquanto a água cai, feche os olhos e imagine-se embaixo de uma cachoeira e veja de que cor ela é. Este é um exercício para seu cérebro intuitivo. Imagine que a cor que vier esta lhe nutrindo do que você necessita. Procure comer algo ou colocar uma peça de roupa com esta cor também. Você vai se sentir mais completo e radiante. Experimente.
  • VISTA-SE com roupas e sapatos confortáveis. Não se esqueça de que você ficará muito tempo de sei dia sentado e em ambiente fechado. Sapatos e roupas apertadas podem deixá-lo de mau humor sem que você identifique a causa.
  • CRIE, a cada dia, uma forma própria de levar a vida mais leve, de modo a aprender com seus erros, a pensar positivamente frente a qualquer dificuldade, a estar presente e inteiro em tudo o que faz.
  • A MÉDIA de pensamentos dos seres humanos são mais ou menos 60 mil por dia, e o pior é que 95% dos pensamentos que você teve hoje são os mesmos que você teve ontem. Somos vítimas dos nossos pensamentos. Que tal tornarmos co-criadores de nossa realidade de uma forma mais consciente e tornarmos nossos pensamentos mais sadios?
  • EVITE USAR drogas lícitas (fumo, álcool, cafeína, calmantes etc.) ou ilícitas que venham entorpecer ou estimular o seu corpo a ser diferente e a estar em sintonia diferente de sua natureza. Assim será muito mais fácil você conseguir ouvir os recados de alerta de seu organismo.
  • BUSQUE momentos de serenidade, e de paz a cada dia. Sente-se por algum tempo com a coluna ereta e os olhos fechados na tentativa de silenciar aquelas vozes que atrapalham. Ficar consciente e acompanhando o fluxo da respiração nos traz para este espaço, alivia o estresse e a ansiedade e nos fixa no presente tempo em que temos possibilidades infinitas de ação. Ouvir música relaxante, fazer yoga, tai-chi e meditação estão nesta linha e ajudam muito a nos conhecermos melhor.
  • DURANTE O DIA continue bebendo muito água pelo menos 1,5 litro por dia. Coma frutas, legumes, verduras, saladas. Evite carne vermelho, gorduras, doces em excesso. Você vai se sentir mais leve, mais atento aos seus afazeres, com maior vitalidade. Não só o número de pensamentos como a qualidade deles é proporcional à qualidade e quantidade de alimentos que você ingere.
  • FAÇA alguma atividade física de maneira regrada, pelo menos duas a três vezes por semana que se encontre dentro de seu estilo: que seja caminhar, dançar, fazer musculação, hidroginástica etc. O importante é você ter prazer com a sua atividade física. Isto vai lhe ajudar a liberar toxinas, aliviar o estresse mental, melhorar seu desempenho físico e aliviar a sobrecarga sobre seu sistema emocional.
  • GRANDE PERCENTAGEM das doenças psicossomáticas, em constante aumento no ocidente, resultam do sedentarismo e do estresse a que é submetido o funcionário em seu ambiente de trabalho.
  • À NOITE, alimente-se de coisas mais leves ainda e deite se possível, somente duas horas após a refeição. É importante fazer a digestão antes de dormir. Muitos casos de insônia decorrem do uso de comidas em excesso e com alto valor calórico e do uso à noite de substâncias que ativam o cérebro como o fumo, dentre outros.
  • POR FIM, deite-se e alongue-se novamente, faça um balanço do seu dia, das suas alegrias, das suas dificuldades. Agradeça não só suas alegrias, mas também suas dificuldades – nelas estão suas reais chances de aprendizado e mudança.
  • E AMANHÃ? O amanhã ainda não chegou.
  • SINTA A VIDA como um fluxo. Desapegue-se do passado, não se pré-ocupe com o futuro.
  • PROPONHA-SE a novos aprendizados, a novas mudanças em direção à sua saúde e ao seu bem-estar.

terça-feira, 26 de maio de 2009

Pessoas Estrela e pessoas Cometa.


Há pessoas Estrela e há pessoas Cometa. Os Cometas passam. Apenas são lembrados pelas datas em que passam e retornam. Os Cometas desaparecem. Há muita gente Cometa. Passa pela vida da gente apenas por instantes. Gente que não prende ninguém e que a ninguém se prende. 

Gente sem presença. Assim, são pessoas que vivem numa mesma família e que passam um pelo outro sem serem presença.


Importante é ser Estrela. Permanecer. Estar presente. Marcar presença. Estar junto. Ser luz. Ser Calor. Ser vida.

Amigo é Estrela. Podem passar os anos, podem surgir distâncias, mas fica a marca no coração. Coração que não quer se enamorar de Cometas que apenas atraem olhares passageiros. E muitos são Cometas por momentos. Passam, a gente bate palmas e desaparecem.

Ser Cometa não é ser amigo. É ser companheiro por instantes. É explorar os sentimentos humanos. A solidão de muitas pessoas é conseqüência de não poder contar com alguém. A solidão é resultado de uma vida de Cometa. Ninguém fica: todos passam. E a gente também passa pelos outros. Há necessidade de se criar um mundo de Estrelas. Todos os dias sentir sua luz e calor. Assim são os amigos-Estrela na vida da gente. Pode se contar com eles. Eles são presença, são coragem nos momentos difíceis, são luz nos momentos escuros. São segurança nos momentos de desânimo.


Ser Estrela neste mundo passageiro, neste mundo de pessoas Cometas é um desafio mas, acima de tudo, é uma recompensa.

AMOR VERSUS INDIVIDUALIDADE


Texto de Flávio Gikovate

Ao longo do segundo ano de vida a criança vivencia enorme avanço em suas competências: aprende a andar, a formular as primeiras frases, aprimora suas aptidões motoras etc. Se até então seu maior prazer era ficar no colo da mãe, usufruindo da paz e aconchego similar ao que foi perdido com o nascimento e sentindo por ela aquilo que chamamos de amor, agora ela gosta também de circular, especular o ambiente, tentar entender para que servem e como é que funcionam os objetos. Coloca quase tudo que encontra na boca, tenta sentir seu tato, observa o que acontece quando deixa que caiam no chão. Dá sinais de grande satisfação a cada nova descoberta. Está praticando os primeiros atos próprios de sua individualidade – e se deleitando com eles.

Tudo isso acontece na presença da mãe. Sim, porque se ela for para um outro local, a criança imediatamente abandona o que está fazendo e sai em disparada atrás dela. O mesmo acontece se levar um tombo: corre chorando de volta para o colo. Diante da dor física ou da iminência de distanciamento exagerado da mãe, a sensação de desamparo cresce muito rapidamente e aí torna-se absolutamente necessária a reaproximação. Há, pois, uma clara alternância de preferências: estando tudo em ordem, o que a criança quer é exercer os prazeres da sua individualidade em formação; ao menor desconforto, busca no aconchego materno (amor) o remédio para todas as dores.

Não há como não compararmos nossos comportamentos ditos adultos com o que acabei de descrever: queremos exercer nossa individualidade com a máxima liberdade, mas queremos voltar para casa e encontrar o parceiro à nossa espera. Ficamos bem longe da pessoa amada por algum tempo, mas depois o desejo maior é o de nos aconchegarmos; se isso não é possível, sentimos a dor forte correspondente à saudade (mistura de abandono com lembrança do calor que advém da companhia). Temos a nosso favor o benefício de um imaginário mais rico e a capacidade de nos comunicar à distância graças aos recursos tecnológicos: nos sentimos aconchegados, mesmo estando longe, graças às palavras e juras de amor.

No convívio íntimo, parece que queremos mesmo é encontrar uma fórmula capaz de conciliar amor e individualidade: quero, por exemplo, assistir ao programa de TV do meu interesse e quero que minha amada esteja ao meu lado, se possível bem agarradinha. Ela, também interessada no aconchego, poderá tentar achar graça, por exemplo, no jogo de futebol que tanto me encanta. Mas talvez não consiga e aí começam os problemas. Ela se afastará, indo em busca daqueles que são os seus reais interesses individuais. Eu me sentirei rejeitado, abandonado e mal amado; tentarei pressioná-la com o intuito de fazer com que volte. Ela, prejudicada em seus legítimos direitos, se revoltará e a briga (chamada de “briga normal dos casais”) será inevitável.

O homem é, ao mesmo tempo, a criança e a mãe. O mesmo vale para a mulher. Querem exercer sua individualidade, mas sem se afastar muito um do outro. Lutarão pelo poder, para definir quem irá impor o ritmo e a programação. Por maiores que sejam as afinidades, sempre irão existir atividades que são do interesse exclusivo de um dos membros do casal. A fórmula tradicional – homens mandam e mulheres obedecem – não funciona mais (felizmente).

O que fazer? Só há um jeito: o crescimento emocional de ambos para que a dependência típica do amor infantil se atenue. Que cada um consiga se sentir em condições de exercer suas atividades, de modo a liberar o parceiro para fazer o mesmo.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

VOCÊ É ADULTO MESMO?

  • "Então pare de reclamar, pare de buscar o impossível, pare de exigir perfeição de si mesmo, pare de querer encontrar lógica para tudo, pare de contabilizar prós e contras, pare de JULGAR os outros, pare de tentar manter sua vida sob rígido controle. Simplesmente, DIVIRTA-SE!"
  • "Quando se ama não é preciso entender o que se passa lá fora, pois tudo passa a acontecer dentro de nós."

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Pensar enlouquece... pense nisso!



Postado no blog pensar enlouquece, na QUINTA-feira, 30 DE ABRIL DE 2009
Desabafo sobre a declaração do imposto de renda
"Neste momento, agora, empresários, lojistas, operários, trouxas,TROUXAS estão pagando o imposto de renda. Estão pagando imposto de renda para gente que não tem vergonha na cara mandar amigos sirigaitear em Miami, Paris, Roma, aonde quer que seja. E não vai lhes acontecer nada, porque este é um povo estúpido que não reage."
Hoje é o último dia de entrega da declaração de imposto de renda. E eu, um brasileiro que não desiste nunca de deixar tudo para a última hora, cá estou correndo para finalizá-la e enviá-la para a Receita Federal aos 44 minutos do segundo tempo. A todos que estão passando pelo mesmo perrengue, recomendo fortemente que assistam ao vídeo abaixo, que encontrei no blog do Marcelo Tas. Trata-se do desabafo de Luiz Carlos Prates, comentarista do Jornal do Almoço, exibido na RBS de Santa Catarina, que fala sobre o recente escândalo no Congresso Nacional referente ao abuso no uso das cotas de passagens aéreas para os parlamentares.
Confesso que nunca havia ouvido falar no nome de Luiz Carlos Prates antes de assistir a esse vídeo. Mas, após ver o seu catártico comentário, quis saber mais a seu respeito. Prates mantém um blog no site do Diário Catarinense e tem dedicado a ele um verbete na Wikipedia que parece descrevê-lo com precisão: "É famoso por em alguns comentários dar fortes socos na mesa ou erguer o tom de voz. Segundo ele mesmo, já quebrou uma mesa durante um de seus ataques. Também mantém uma concorrida agenda de palestras motivacionais, principalmente para estudantes."
Deixo aqui um agradecimento público a Prates, porque ele expressou, com contundência alborghettiana, o sentimento idiotizante de se trabalhar feito jegue o ano inteiro para depois dispender um tempo precioso preenchendo a modorrenta declaração do IR. Com gosto amargo na alma, por saber de antemão que todo esse trabalho é devido a impostos que jamais nos darão um justo e efetivo retorno.
Visto a carapuça: sim, eu sou um trouxa.
* * * * *
P.S.: No vídeo, Luiz Carlos Prates cita um deputado que usou a desculpa de que "a família é sagrada" para justificar o uso indiscriminado de sua cota de passagens aéreas. Importante saber: o nobre parlamentar que soltou essa tirada é ninguém menos que o ex-presidente da Câmara dos Deputados Inocêncio Oliveira (PR-PE), que usou recursos públicos para financiar a viagem da esposa, das filhas e da neta para a Europa e Nova Iorque entre agosto e dezembro de 2007. Mais informações sobre esse escândalo das passagens aéreas estão disponíveis no excelente site Congresso em Foco.

Pessoas agradáveis e vegetarianas vivem mais...


Reportagem da National Geographic afirma que as pessoas agradáveis e vegetarianas vivem mais, veja abaixo:

Se você quer chegar aos cem anos, é melhor se alegrar. Filhos de centenários - que geralmente herdam tanto a longevidade quanto os traços de personalidade de seus pais - são em média mais extrovertidos e agradáveis e menos neuróticos, segundo um novo estudo.

O motivo para tal é que ser afável e sociável confere benefícios à saúde, de acordo com o líder do estudo Thomas Perls, diretor do Estudo Centenário de New England, do Centro Médico da Universidade de Boston. Pode ser que pessoas menos neuróticas sejam mais capazes de administrar ou regular situações de tensão do que os neuróticos, afirma Perls.

"Já observamos centenários passarem por situações extremamente estressantes e diversas vezes eles nos mostraram... que isso não os atinge."

Povo afável A equipe da Universidade de Boston passou a 246 filhos sem parentesco de centenários um questionário que mede neurose, extroversão, franqueza, afabilidade e consciência. Ao invés de testar diretamente os idosos, a equipe analisou seus filhos e filhas que tinham em média 75 anos.

"Eles se encontram em um estágio de suas vidas no qual estão com uma disposição de 110%", disse Perls. "Existem várias coisas que podemos estudar neles que não podemos" em centenários. Tanto homens quanto mulheres pontuaram baixo quanto à neurose e alto quanto à extroversão.

Mulheres pontuaram alto em afabilidade, enquanto o resultado masculino foi normal. Ambos os sexos tiveram resultados normais para consciência e franqueza, segundo o estudo, publicado na edição de abril do Journal of the American Geriatrics Society.

O explorador e pesquisador Dan Buettner, que estuda os focos de concentração de centenários do mundo - que chama de zonas azuis -, observou que centenários tendem a ter uma disposição radiante. Buettner disse que não estudou os filhos dos centenários, embora ache a metodologia "absolutamente" válida, disse. (Buettner também foi financiado pela National Geographic Society, que é dona da National Geographic News.)

Na zona azul de Okinawa, Japão, Buettner perguntou ao especialista Nobuyoshi Hirose sua opinião sobre o que explicaria a longevidade dos okinawanos. "Ele pensou por um momento e respondeu que eles eram um povo afável", disse Buettner. Essa afabilidade se traduz em um círculo social robusto, algo comum entre os longevos, acrescentou Buettner.

Melhorias Embora muitos aspectos de nossa personalidade já sejam definidos por nossos genes, disse Buettner, podemos todos melhorar nosso estilo de vida para viver mais. Por exemplo, se tornar mais extrovertido - e, por extensão, ampliar nossas redes sociais - é algo que pode ser cultivado e treinado, disse Buettner.

Também importante nessa lista é uma alimentação à base de plantas - "quanto mais carne você come, mais rápido você morre", disse. E ter um claro senso de propósito em sua vida, acrescentou, aumenta em sete anos sua expectativa de vida.

O líder do estudo Perls conta ainda que existem muitas estratégias para se lidar com o estresse, como exercícios, meditação ou apenas "uma boa e profunda respiração".

"É uma questão de reservar tempo e esforço para efetivamente administrar seu estresse", ele disse. "Uma das chaves é entender a importância disso."

quinta-feira, 7 de maio de 2009

•OS SE7E PECADOS CAPI†AIS•



*Gula: Por onde passamos deixamos um imenso desejo de sermos devorados...

*Avareza: Quanto mais as pessoas nos conhecem, mais elas tem um desejo terrivel de nos possuir...

*Inveja: Todos nos invejam, pois podemos TUDO...

*Ira: Muitos nos odeiam friamente por sermos tão raramente esquecidos...

*Luxúria: Nossa sensualidade nunca passa despercebida, somos quentes...

*Orgulho: Temos orgulho de sermos como somos: Sexy's, lindos e inesqueciveis...

*Preguiça: Nós não precisamos nem nos mexer para ter alguem aos nossos pés...

É isso mesmo! Afinal, quem nunca foi vitima (ou cometeu) pelo menos 1 dos 7 pecados capitais?!


quarta-feira, 6 de maio de 2009

Impossível....


  • O grande prazer da vida é fazer o impossível.
  • Nunca desestimule alguém que evolui, não importa quão lenta seja a evolução.
  • Uma promessa feita é uma dívida não paga.
  • O pessimista vê a dificuldade em cada oportunidade; o Otimista vê a oportunidade em cada dificuldade.

Ocorreu um erro neste gadget

Palavras mais buscadas...

ação (3) aconchego (1) acreditar (3) adeus (1) água (8) Alexandre (3) alimentação viva (4) alimento (5) alma (8) alunos (2) amadurecer (3) amar (10) amazônia (12) amigo (14) amigos (9) amizade (8) amor (60) amoral (4) andar (2) ano (2) Apego (10) aprender (4) aproveite (1) Arapoty (1) aristóteles (4) as sete leis (2) ascendente (2) astrologia (25) atitude (6) auto-estima (3) ayurveda (5) batalha (3) beijo (4) beleza (6) bem (6) boca (7) Brasil (17) brasileiros (14) brincar (5) buda (5) busca (2) calma (2) caminhada (2) caminho (6) camisola (1) cancer (5) câncer (4) capricórnio (5) característica (3) carentes (2) carinho (6) casa (5) casal (3) casamento (6) causo (5) cérebro (9) certo (3) chakras (3) china (3) chorar (5) ciclo (2) cigarro (2) cinema (2) coisas impossíveis (2) comer (5) competição (4) conforto (2) confúcio (2) conhecimento (5) consciência (11) conto popular (6) controvérsia (3) cor (12) Cora Coralina (2) coração (13) coragem (3) corpo (18) crenças (6) culpa (7) cura (4) Dalai Lama (2) decorar (12) depressão (8) desabafo (3) desamor (3) desapego (17) destino (12) Deus (16) dia (7) dicas (6) dificuldade (3) dignidade (3) dinheiro (10) ditado (9) ditados populares (5) dito (5) doação (3) doença (11) dor (7) dosha (4) ego (7) emoção (4) emocional (4) emoções (3) energia (10) equilíbrio (3) erro (4) esperança (2) espiritual (6) estilo (2) estória (10) ética (3) ético (4) evolução (7) falar (6) família (11) fazer (3) felicidade (28) feliz (18) festa (4) filho (4) filme (2) filosofia (6) filósofo (3) flor (12) floral (12) flores (14) fofoca (6) frase (30) frases (19) Gandhi (2) gay (3) hábito (5) harmonia (4) hatha yoga (2) heroína (2) história (11) homem (15) honestidade (2) humanidade (5) humano (19) humilde (2) humor (6) idade (6) ignorância (6) imagem (2) incapaz (2) inteligência (7) japão (2) jovem (4) Kaká Werá (3) lábios (2) laranja (3) leão (6) legais (2) legumes (2) lenda (24) lendas (18) liberdade (6) limites (2) língua (3) livre (3) lorota (5) louco (7) loucura (8) luz (3) mãe (3) mágoa (5) mágoas (6) Mahatma Gandhi (3) mal (6) mantra (2) mãos (2) matuto (2) medicina (5) médico (3) Meditação (10) meditar (4) medo (13) mensagem (9) mente (5) mentira (34) mentiras (4) moksha (3) momentos (4) Monge (2) monja coen (2) moral (4) morrer (9) morte (9) motivação (4) mulher (15) mulheres (5) mundo (7) música (6) namoro (3) natal (3) natural (2) natureza (15) nova (2) nutrientes (2) o bem amado (2) obsessiva (3) Odorico (4) orgulho (5) oriental (2) otimista (2) paciência (4) pais (4) paixão (5) palavra (14) palavras (8) Paraguaçu (4) Paris (2) paz (10) pecado (3) pecados capitais (2) peixes (6) pensamento (8) perdoar (3) pererê (2) pergunta (3) persistência (3) personalidade (6) pés (2) Pessoa (4) piadas (2) pior (3) planeta (14) platão (4) poder (3) política (3) político (6) popular (10) populares (4) português (3) positivo (4) prazer (5) prem (2) prem baba (3) preocupação (3) presente (4) problemas (4) professor (5) profissional (3) promessa (2) prosperidade (2) provérbio (23) psicólogo (3) qualidade (2) raiva (4) realidade (22) refletir (2) refrigerante (3) regente (12) rei (2) relação (4) relacionamento (6) relacionamentos (5) religião (5) respeito (4) responsabilidade (8) resposta (5) rico (3) rir (8) riso (5) rosto (2) sabedoria (14) saber (5) saci (3) sagrado (2) sangue (2) Santidade (2) saudade (3) saudável (3) saúde (15) segredo (3) sensatez (2) sensível (2) sentimento (14) sexo (18) sexual (3) Sigmund Freud (2) significados (2) signo (26) signos (26) silêncio (5) sinceridade (3) sincero (2) sindrôme (2) síndrome (2) social (3) sociedade (6) sócrates (3) sofrer (3) sofrimento (3) solidão (5) solidariedade (3) sonhar (4) sorrir (4) sorriso (4) sorvete (2) stress (4) sucesso (5) Sucupira (4) suicídio (3) tempo (12) terapia (3) terra (2) Tibete (2) TPM (4) trabalho (9) transformação (3) travesso (2) triste (3) tristeza (11) tumores (2) universo (3) útil (2) velho (4) velhos (3) veneno (2) verdade (43) vício (2) vícios (3) vida (44) vinyasa yoga (2) virgem (5) virtude (3) vitamina (2) vitória (3) vivência (2) viver (18) voluntário (2) Zen (4)
Ocorreu um erro neste gadget