Frases soltas por aí... no mundo!!

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Quem faz a sua cabeça

Podcast Café Brasil 242

"Nunca deixe a verdade ficar no caminho de uma boa história." Abrindo com esse provérbio do jornalismo dos EUA, o programa de hoje quer saber quem faz a sua cabeça. O que você acha que o Brasil é, hein? Como é que você forma sua opinião a respeito do país, dos políticos, dos acontecimentos? Certamente a imprensa tem um papel importantíssimo, não é? Vamos discutir inclusive como a internet está impactando nesse processo.

Na trilha sonora, pra variar, uma festa! Tom Zé, Gisela Nogueira e Gustavo Costa, Milton Nascimento, Café Com Blues, Vicente Barreto e Antônio Adolfo. Apresentação de Luciano Pires.


Quer ouvir o programa?
Quer comentar, participar?
Basta clicar!

Bom dia, boa tarde, boa noite! O que você acha que o Brasil é, hein? Como é que você forma sua opinião a respeito do país, dos políticos, dos acontecimentos? Certamente a imprensa tem um papel importantíssimo, não é? Vamos ver?

Pra começar, um provérbio do jornalismo estadunidense:

Nunca deixe a verdade ficar no caminho de uma boa história.

(...)

Entre 1993 e 1995 uma novela de rádio foi ao ar na Tanzânia, na África, tendo como tema principal a contaminação pela AIDS, uma tragédia no país. A produção foi montada por estudiosos e cientistas, com o objetivo de influenciar os ouvintes a proteger-se contra a doença. O resultado (cientificamente obtido): um quarto da população na área coberta pela novela mudou seu comportamento, reduzindo drasticamente a contaminação pelo HIV. Em apenas dois anos, uma novela de rádio mudou os pensamentos, as percepções e emoções das pessoas...

Essa história me veio à mente quando participei de evento sobre uma pesquisa chamada Valores Brasil. Em julho de 2010, 2544 brasileiros escolheram em um conjunto de 54 valores positivos e negativos "os 10 mais representativos de como o Brasil opera hoje". E o resultado (em ordem de importância): corrupção, pobreza, crime/violência, desemprego, analfabetismo, poluição ambiental, burocracia, agressividade, incerteza sobre o futuro e desperdício de recursos.

Pô, não apareceu nenhum valor! Só desvalor! Surpreso? Eu não.

Quer continuar lendo e ouvindo o programa?
Quer comentar, participar?
Basta clicar!

sábado, 23 de abril de 2011

China censura viagens no tempo!

China acaba com viagens no tempo na televisão

Postado por Das Übergeek - em 17/04/2011 06:30 Blog: ÜberGeek

Star Trek? Não. De Volta Para o Futuro? Não.

Por Daniel Pavani

O departamento de censura da China proibiu a exibição de todo e qualquer programa de televisão ou filme que tenha como tema viagens no tempo. Entre os motivos, o governo alega que este tipo de temática trata a história de maneira frívola.

A Administração Estatal de Radio, Cinema e Televisão da China afirmou que os programas que possuem viagens no tempo como tema “não possuem pensamentos positivos e significado”, conta o blog Arts Beat, do site do The New York Times.

Entre as justificativas, o órgão de censura chinês afirma que este tipo de entretenimento inventa mitos, possui planos “estranhos e monstruosos”, táticas absurdas e até mesmo promovem feudalismo, superstição, fatalismo e reencarnação.

Em pronunciamento, o porta-voz do órgão de censura afirmou que “os produtores e roteiristas estão tratando fatos históricos sérios de uma maneira frívola, o que não deve mais ser encorajado”, conta o site Techland.

Caso isso realmente aconteça, nada mais de Doc, Marty, Spock ou H. G. Wells para os chineses. Uma pena.

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Google lança serviço que traz de volta a pessoa amada, cura unha encravada e cancela celular

Google lança serviço que traz de volta a pessoa amada, cura unha encravada e cancela celular

O Google lançou hoje, com uma campanha pelo Twitter, seu mais novo mecanismo de busca: o Google Whatever.

Segundo a companhia, esse novo serviço pode ser considerado o produto mais avançado já criado na internet. Com poucos cliques, o usuário pode resolver problemas de sua vida que antes necessitavam da ajuda de pais de santo ou benzedeiras.

Entre as promessas estão trazer de volta a pessoa amada em cinco dias, curar unha encravada, sacar FGTS, cancelar celular, benzer cobreiro, descobrir pai de filho de mãe solteira, curar congestão e hemorroidas entre outras benesses.

A única exigência do Google é que o usuário tenha fé.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Ditados Populares e seus significados!




Frases Populares, ou Expressões Populares:


São palavras e frases que na sua grande maioria, têm a função comparativa com diversos assuntos, como animais, modo de agir, modo de pensar. O que difere o "Ditado" da "Frase popular" é que este último, serve de alerta ao futuro, e não apenas julga na ocasião do acontecimento como faz a frase.



  • Memória de elefante: O elefante lembra de tudo o que aprende, motivo por que é uma das principais atrações do circo. Por isso, dizem que as pessoas que lembram de tudo (até mesmo as magrinhas!) tem a memória de elefante.                                                           
  • Dormir com as galinhas: A expressão significa deitar-se cedo, logo ao anoitecer, como fazem as galinhas.
  • Acordar com as galinhas: A expressão significa acordar cedo, como fazem as galinhas.
  • Estômago de avestruz: Aquele que come qualquer coisa. O estômago do avestruz é dotado de um poderoso suco gástrico que é capaz de dissolver até metais.
  • Lágrimas de crocodilo: É uma expressão bastante usada para se referir a choro fingido. O crocodilo, quando ingere um alimento, faz forte pressão contra o céu da boca, comprimindo as glândulas lacrimais. Assim, ele "chora" enquanto devora uma vítima.    
  • O canto do cisne: São as últimas realizações de alguém. Antigamente dizia-se que o cisne emitia um lindo canto quando estava prestes a morrer.
  • Abraço de tamanduá: Sinônimo de traição ou deslealdade. O tamanduá se deita de barriga para cima e abre seus braços. O inimigo, ao se aproximar, é surpreendido por um forte abraço, que o esmaga.
  • Olhos de lince: Os filhotes só abrem os olhos com dez dias de vida. Em compensação, quando crescem, os linces têm uma visão apurada. Os povos mais antigos acreditam que esses animais conseguiam enxergar através das paredes. Ter olhos de lince significa enxergar longe.
  • Osso duro de roer : Coisa difícil de resolver
  • Dar nó em pingo d'água: Ser capaz de se sair de todas as dificuldades.         
  • Remar contra a maré ou Remar contra a correnteza: Tentar fazer uma coisa e tudo der errado.
  • Dar a mão a palmatória: aceitar que errou.
  • Pintar o 7: fazer bagunça.
  • Dar com os burros n'água: Fazer muito esforço para conseguir algo e acabar perdendo tudo de forma banal.
  • Colocar a carroça na frente dos bois: Significa fazer alguma coisa da forma errada.
  • Criança traquina : Buliçosa; travessa; peralta, pestinha.
  • Amigo da onça: Diz da pessoa, ou amigo, que é falsa.              
  • Ficar chupando dedo: Ficar somente com a vontade de fazer alguma coisa.
  • Cabeça martelando: Quando a pessoa esta com muitos problemas, ou com dor de cabeça.




Ditados: Servem de advertência e as vezes apresenta um 


sentido construtivo:
  • Antes só do que mal acompanhado: antes a pessoa ficar sozinha do que acompanhada de uma pessoa ruim.
  • Quem mistura-se com porcos, farelo come: Quem acompanha pessoa de índole ruim,acaba se tornando igual a ela.
  • Cada macaco no seu galho: Cada pessoa no seu devido lugar.       
  • De grão em grão, a galinha enche o papo: Aos poucos se consegue atingir um objetivo.
  • Deus escreve certo por linhas tortas: Deus consegue estabelecer a verdade por mais difícil que pareça ser.
  • Cavalo dado, não se olha os dentes: um objeto dado não se olha o valor.
  • Quem fala de mais, dá bom dia a cavalo: Algumas pessoas conversam tudo da própria vida se arrependendo depois.                              
  • Um dia da caça, o outro é do caçador: Num dia as pessoas tem sorte,no outro não.
  • Quem casa, quer casa: A pessoa quando se casar, ela quer uma casa própria.
  • Quando um burro fala, o outro murcha a orelha: quando uma pessoa fala a outra se cala.
  • Uma andorinha só, não faz Verão: Em certas ocasiões uma pessoa sozinha não resolve o problema.                                                                          

terça-feira, 19 de abril de 2011

Osho: The Secret of Life - The seagulls of Happiness

You can listen to Osho with Music: The seagulls of happiness

You can read the original text as pdf: A Man Who Loved Seagulls

You can listen to the original audio discourse:

Osho: Just like That #7: A Man Who Loved Seagulls side A (47:02, 13MB)

Osho: Just like That #7: A Man Who Loved Seagulls side B (26:18, 7.5MB)

Nutricionista lista os 10 piores alimentos para sua saúde — EcoDesenvolvimento - Sustentabilidade, Meio Ambiente, Economia, Sociedade e Mudanças Climáticas.

Nutricionista lista os 10 piores alimentos para sua saúde
Postado em Vida e Saúde em 08/04/2011
por Redação EcoD
Diminuir Fonte Fonte Padrão Aumentar Fonte


Que atire a primeira pedra quem não se rende a um fast food, salgadinho ou cachorro-quente e depois fica preocupado com as calorias que ingeriu. Mas o que pouca gente sabe é que os perigos desses alimentos vão muito além da questão estética e podem ser um risco para a saúde. Para esclarecer esses problemas, a nutricionista Michelle Schoffro Cook listou os dez piores alimentos de todos os tempos.

10º lugar: Sorvete

sorvete.jpg

Apesar de existirem versões mais saudáveis que os tradicionais sorvetes industrializados, a nutricionista adverte que esse alimento geralmente possui altos níveis de açúcar e gorduras trans, além de corantes e saborizantes artificiais, muitos dos quais possuem neurotoxinas – substâncias químicas que podem causar danos no cérebro e no sistema nervoso.

9º lugar: Salgadinho de milho

salgadinho-milho.jpg

De acordo com Michelle, desde o surgimento dos alimentos transgênicos a maior parte do milho que comemos é um “Frankenfood”, ou “comida Frankenstein”. Ela aponta que esse alimento por causar flutuação dos níveis de açúcar no sangue, levando a mudanças no humor, ganho de peso, irritabilidade, entre outros sintomas. Além disso, a maior parte desses salgadinhos é frita em óleo, que vira ranço e está ligado a processos inflamatórios.

8º lugar: Pizza

pizza.jpg

Michelle destaca que nem todas as pizzas são ruins para a saúde, mas a maioria das que são vendidas congeladas em supermercados está cheia de condicionadores de massa artificiais e conservantes. Feitas farinha branca, essas pizzas são absorvidas pelo organismo e transformadas em açúcar puro, causando aumento de peso e desequilíbrio dos níveis de glicose no sangue.

7º lugar: Batata frita

batata-frita.jpg

Batatas fritas contêm não apenas gorduras trans, que já foram relacionadas a uma longa lista de doenças, como também uma das mais potentes substâncias cancerígenas presentes em alimentos: a acrilamida, que é formada quando batatas brancas são aquecidas em altas temperaturas. Além disso, a maioria dos óleos utilizados para fritar as batatas se torna rançosa na presença do oxigênio ou em altas temperaturas, gerando alimentos que podem causar inflamações no corpo e agravar problemas cardíacos, câncer e artrite.

6 lugar: Salgadinhos de batata

salgadinho-batata.jpg

Além de causarem todos os danos das batatas fritas comuns e não trazerem nenhum benefício nutricional, esses salgadinhos contêm níveis mais altos de acrilamida, que também é cancerígena.

5º lugar: Bacon

bacon.jpg

Segundo a nutricionista, o consumo diário de carnes processadas, como bacon, pode aumentar o risco de doenças cardíacas em 42% e de diabetes em 19%. Um estudo da Universidade de Columbia descobriu ainda que comer 14 porções de bacon por mês pode danificar a função pulmonar e aumentar o risco de doenças ligadas ao órgão.

4º lugar: Cachorro-quente

cachorro-quente.jpg

Michelle cita um estudo da Universidade do Havaí, que mostrou que o consumo de cachorros-quentes e outras carnes processadas pode aumentar o risco de câncer de pâncreas em 67%. Um ingrediente encontrado tanto no cachorro-quente quanto no bacon é o nitrito de sódio, uma substância cancerígena relacionada a doenças como leucemia em crianças e tumores cerebrais em bebes. Outros estudos apontam que a substância pode desencadear câncer colorretal.

3º lugar: Donuts (Rosquinhas)

doughnut.jpg

Entre 35% e 40% da composição dos donuts é de gorduras trans, “o pior tipo de gordura que você pode ingerir”, alerta a nutricionista. Essa substância está relacionada a doenças cardíacas e cerebrais, além de câncer. Para completar, esses alimentos são repletos de açúcar, condicionadores de massa artificiais e aditivos alimentares, e contém, em média, 300 calorias cada.

2º lugar: Refrigerante

refri.jpg

Michelle conta que, de acordo com uma pesquisa do Dr. Joseph Mercola, “uma lata de refrigerante possui em média 10 colheres de chá de açúcar, 150 calorias, entre 30 e 55 mg de cafeína, além de estar repleta de corantes artificiais e sulfitos”. “Somente isso já deveria fazer você repensar seu consumo de refrigerantes”, diz a nutricionista.

Além disso, essa bebida é extremamente ácida, sendo necessários 30 copos de água para neutralizar essa acidez, que pode ser muito perigosa para os rins. Para completar, ela informa que os ossos funcionam como uma reserva de minerais, como o cálcio, que são despejados no sangue para ajudar a neutralizar a acidez causada pelo refrigerante, enfraquecendo os ossos e podendo levar a doenças como osteoporose, obesidade, cáries e doenças cardíacas.

1º lugar: Refrigerante Diet

refri-diet.jpg

“Refrigerante Diet é a minha escolha para o Pior Alimento de Todos os Tempos”, diz Michelle. Segundo a nutricionista, além de possuir todos os problemas dos refrigerantes tradicionais, as versões diet contêm aspartame, que agora é chamado de AminoSweet. De acordo com uma pesquisa de Lynne Melcombe, essa substância está relacionada a uma lista de doenças, como ataques de ansiedade, compulsão alimentar e por açúcar, defeitos de nascimento, cegueira, tumores cerebrais, dor torácica, depressão, tonturas, epilepsia, fadiga, dores de cabeça e enxaquecas, perda auditiva, palpitações cardíacas, hiperatividade, insônia, dor nas articulações, dificuldade de aprendizagem, TPM, cãibras musculares, problemas reprodutivos e até mesmo a morte.

“Os efeitos do aspartame podem ser confundidos com a doença de Alzheimer, síndrome de fadiga crônica, epilepsia, vírus de Epstein-Barr, doença de Huntington, hipotireoidismo, doença de Lou Gehrig, síndrome de Lyme, doença de Ménière, esclerose múltipla, e pós-pólio. É por isso que eu dou ao Refrigerante Diet o prêmio de Pior Alimento de Todos os Tempos”, conclui.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Novas descobertas sobre terapias e o cérebro

A Cura do Trauma

Depois de vinte e seis anos experimentando, aprendendo e respirando terapia, sinto que estou começando uma nova fase no meu trabalho. As recentes descobertas da neurofisiologia e as constatações de diversos estudiosos como Bert Hellinger e Peter Levine, por exemplo, elevam a terapia a um novo patamar de consciência e prática.

Quando comecei meu processo pessoal não tinha consciência do lado negativo e perigoso dos processos catárticos e de liberação emocional. Lembro de diversos grupos de terapia que têm o foco na catarse e liberação emocional que participei, sai dos mesmos me sentindo estranho e com até menos confiança na vida e nas pessoas.

Com isso não quero dizer que as terapias catárticas não são importantes. Acho que são. Mas não podem ser utilizadas indiscriminadamente com qualquer paciente/cliente que procura terapia. Explicarei abaixo algumas das razões que entendi depois diversos cursos que fiz nesses dois meses, entre 2010 e 2011, que passei na Osho Multiversity (www.osho.com), de Puna, Índia.

Também compreendi que terapias verbais que se utilizam simplesmente da cognição, da análise e da compreensão racional não tocam a raiz dos aspectos traumáticos. Pois o trauma acontece e se instala no cérebro reptiliano ou cérebro animal, enquanto que os aspectos racionais se dão no Neocortex que é um cérebro estritamente humano e racional.

O cérebro reptiliano é a nossa herança animal e funciona exatamente como o cérebro dos animais irracionais. Ele vive através das sensações (senso-percepção). O trauma é o subproduto de uma carga energética que se dá quando o animal ou o homem se sente ameaçado e seu sistema de defesa lhe fornece uma quantidade de energia maior do que ele precisaria para reagir lutando, correndo ou congelando.

Quando o animal passa por uma ameaça e escapa, ele trata de descarregar o excesso de energia através do chacoalhar o corpo, saltar, correr, etc. O animal racional por ter perdido ou esquecido essa característica se mantêm com esse acúmulo de energia que é o gerador potencial do 'trauma'. E toda vez que outra experiência lembrar o fato traumático aquela energia é acessada gerando todos os sintomas do trauma original. A pessoa sente como se estivesse vivendo aquela mesma experiência traumática.

As terapias catárticas que não tem esse conhecimento podem reforçar o trauma, pois colocam a pessoa traumatizada em uma situação semelhante àquela que ela viveu e que a traumatizou. Essas terapias ainda podem ser utilizadas de forma gradual e consciente, ajudando o cliente traumatizado a tocar as sensações traumáticas conscientemente, de modo suave e lento.

Uma descoberta importante de Peter Levine para a cura do trauma é o que ela chama de 'Pendulação'. É uma forma de compensar ou equilibrar a sensação traumática com sensações de apoio, suporte e conexão consigo mesmo. Todos nós temos 'recursos' externos, como por exemplo, uma casa, uma conta bancária, um amigo, marido, mulher, um bichinho de pelúcia, etc, como também podemos dispor de recursos internos como sensações de paz, relaxamento em algumas partes do corpo, espaços meditativos, espaços de prazer ou enraizamento. No trabalho da cura do trauma 'pendulamos' entre uma sensação de medo e uma sensação de suporte.

Outra concepção importante é nunca acessar diretamente o vórtice do trauma, nem também evitá-lo totalmente. Quando uma pessoa revive um trauma através de um problema que aconteceu no seu relacionamento, ela pode dizer "nunca mais quero me relacionar". O que ela, na verdade, quer dizer com isso é que ela não quer mais sentir as sensações que o 'relacionamento' lhe causou. Porém, essa atitude não vai ajudar essa pessoa a se curar do trauma original. Também não é aconselhável que alguém diga "que bobagem, vá de novo, da próxima vez você aprende". Esta também não é a forma de vencer o trauma.

Então, como devemos agir? Com controle e consciência da situação; e em terapia acessar as sensações traumáticas de forma lenta e gradual, como colocamos acima. Quando tocamos um pouquinho da sensação traumática com consciência e controle saímos da experiência com mais confiança e energia. Podemos então, ter uma segunda experiência um pouco mais profunda, até depois de algumas sessões terapêuticas estarmos prontos para acessar o núcleo do trauma. Mas não podemos de antemão definir o número de sessões que cada pessoa vai ter que fazer.

Em seu livro 'The Zen Way of Counseling', o psicoterapeuta Svagito Liebermeister comenta sobre esse tema: "O propósito da pendulação é evitar confrontação imediata com o evento traumático, visto que confrontação direta pode na verdade, reforçar a ferida psicológica ao invés de ajudá-la a sarar."

Nunca é interessante para a pessoa traumatizada perder o controle da situação. Quando a pessoa traumatizada perde o controle, ela está literalmente 'perdida'. A partir desse instante ela não pode mais fazer nada, pois foi 'sugada' para o vórtice do trauma e irá reviver toda a situação traumática até sair novamente ainda mais traumatizada. Daí a importância da pendulação.

Falando sobre o reflexo do trauma, Peter Levine em seu livro 'O Despertar do Tigre' coloca "Antes de Perseu partir para conquistar a Medusa, foi avisado por Atena para não olhar diretamente para a górgone. Prestando atenção à sabedoria da deusa, ele usou o escudo para refletir a imagem da Medusa; agindo assim, conseguiu cortar a cabeça dela. Do mesmo modo, a solução para vencer o trauma não vem da confrontação direta, mas do trabalho com o seu reflexo, espelhado em nossas respostas instintivas."

Namastê!

Guilherme Ashara – é 'Counselor' (aconselhamento psicoterapêutico) com especialização em Psicologia Transpessoal e Constelação Sistêmica.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Quietude, o planeta agradece

A Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz ganhou no seu quinto aniversário, em janeiro de 2011, a Sala da Quietude, com dois singelos propósitos. Um deles é simplesmente oferecer um lugar de quietude para os alunos, professores, funcionários e visitantes. É um espaço de silêncio, de diálogo interior. Nessa pequena sala cada um pode ficar quieto ao seu modo, meditando, orando, concentrando sua mente ou, ao contrário, navegando em seus pensamentos, para que possa emergir tranquilizado e revigorado desses momentos.

Outro propósito da Sala da Quietude é ser um lembrete contínuo de que a quietude é uma atitude ativa, consciente, e que é parte do ensino-aprendizagem na perspectiva da ecopedagogia.

Edgar Morin nos diz que é preciso aprender "a estar aqui" neste Planeta. Aprender a estar aqui com reverência à vida e num momento da história da Terra e da espécie humana em que as mudanças climáticas impõem novas formas de estar aqui. Esse mestre e outros visionários alertam, há décadas, que é preciso desenvolver novos saberes para esse momento singular da história.

Os seres humanos são protagonistas da história não apenas porque podem contá-la e recontá-la, mas porque desenvolveram suas potencialidades e capacidade de criar e de interferir em muitos fenômenos. Qualquer que seja a parte que nos toca nas causalidades das mudanças climáticas, mais importa é que temos ciência e consciência da situação, de seus prognósticos e de possibilidades de mitigação e adequação.

Nos últimos cem anos aprendemos como viver mais e como usufruir mais conforto. Criamos tecnologias para isso e passamos a consumir o Planeta como se estivéssemos num supermercado com reposição automática, desprezando os ciclos da natureza, que julgamos dominar. Um supermercado onde uma pequena parte consome a maioria dos produtos e os que estão de fora anseiam avidamente por entrar. E temos transmitido esse ávido anseio de consumo e de conforto ilimitado às nossas sucessivas gerações, ao custo de produzir mais desigualdade e riscos socioambientais.

A escola tradicional tornou-se um espaço de treinamento para que as novas gerações reproduzam esse paradigma, essa busca frenética, barulhenta, uma verdadeira luta para chegar na frente ao supermercado e ter dinheiro suficiente para alcançar o padrão máximo de conforto – aquele a que têm acesso os vinte por cento mais ricos que consomem oitenta por cento das riquezas.

A humanidade está sendo confrontada com a impossibilidade de prosseguir nesse jogo, porque já está consumindo a expectativa de oferta futura e as crises de abastecimento de água e comida sinalizam que se estenderão para além dos pobres do mundo. Os eventos climáticos extremos se multiplicam, gerando milhões de refugiados do clima e mostrando o risco efetivo a que toda a espécie humana está submetida.

A educação socializa, prepara para a vida. No cenário atual, como ousamos manter uma educação para a morte?

Há algum tempo cientistas educadores vêm alertando para a necessidade de mudança de paradigma. Dentre os novos saberes necessários à educação do futuro, apropriada à cultura da sustentabilidade e da paz, Moacir Gadotti inclui "educar para a simplicidade e para a quietude."

As duas questões certamente não estão juntas por acaso. Simplicidade diz respeito a necessidade de rever o padrão de conforto que tem servido para alimentar uma profunda desigualdade social e o desastre socioambiental. Essa necessidade dialoga com teses socialistas e ambientalistas, carreia novos argumentos e torna-se uma premissa de sobrevivência. Dialoga também com linhas educacionais que trabalham a sustentabilidade de todos e para todos, compreendendo a teia da vida, os ciclos da natureza, promovem a resiliência das pessoas e da espécie frente às crises e resgatam a alegria de viver e conviver como necessidades básicas.

E como compreender a simplicidade sem a quietude?

É preciso sair do burburinho do supermercado, dos anúncios de vendas que obnuliam a capacidade crítica. É preciso aquietar-se para perceber o valor dos seres e das coisas. É preciso aquietar-se para escutar a vida, a natureza, as nossas necessidades, as necessidades dos que conosco convivem. Na quietude preparamos o diálogo. É preciso aquietar-se para entrar no ritmo do coração, na pulsação do universo, na pulsação do conjunto diverso e uno de homens e mulheres de toda a parte e das outras espécies que compartilham conosco a vida no Planeta. É preciso quietude para acolher o sofrimento e os sonhos. Para recuperar o equilíbrio frente aos desastres. É preciso aquietar-se para olhar com novos olhos a situação e seus prognósticos e ativar a criatividade e o engenho humanos para sustentar a vida de todos e para todos.

Vejo homens e mulheres aquietando-se para gerar uma nova civilização. Homens e mulheres que reaprendem a se aquietar e, com isso, reaprenderão também a brincar, dançar, conviver, amar a diversidade e reinventar o estar aqui no Planeta.

São Paulo, verão, 2011

Rose Marie Inojosa



¹UMAPAZ, Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente de São Paulo, Av.IV Centenário, 1268, Parque do Ibirapuera, São Paulo. www.blogumapaz.blogspot.com

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Várias frases, diversos autores.



O saber humano se espalha para todos os lados, a perder de vista, de modo que nenhum indivíduo pode saber sequer a milésima parte daquilo que é digno de ser sabido.

Arthur Schopenhauer

Fui um homem afortunado, na vida nada me foi fácil.
Sigmund Freud

Não tente adivinhar o que as pessoas pensam a seu respeito. Faça a sua parte, se doe sem medo.
Mahatma Gandhi

Ninguém é tão feio como na identidade, tão bonito como no Orkut, tão feliz quanto no Facebook, tão simpático como no Twitter, tão ausente como no skype, tão ocupado como no MSN e nem tão bom quanto no Curriculum Vitae.
Anônimo Virtual

Não basta saber, é preciso também aplicar; não basta querer, é preciso também fazer.
Goethe

Onde quer que haja atividade, haverá algum tipo de vibração. Onde há vibração, haverá igualmente a presença do som. A criação é também um tipo de atividade, e a vibração que emanou do redemoinho primordial e o som assim gerado é o auspicioso praṇava, na forma da sílaba Oṁ.
Mantra Yoga Saṁhitā, III

Alguém sabe dizer o que é normal? Pode parecer tão natural...
Jay Vaquer

Faça feliz quem está perto de você e os que estão longe se achegarão.
Anônimo

Trate seu corpo bem, seja responsável por suas açoes, suas respostas para trazer paz para sua vida.
Anônimo

Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.
Cora Coralina

Segundo a cosmologia budista, estamos vivendo uma era afortunada, na qual mil Budas surgirão em seqüência [...]. Esses tempos são caracterizados pelo fato de que os ensinamentos de como ultrapassar o véu da ilusão que se apresenta diante de nossos olhos estão presentes e preservados [...]

(Lama Padma Samten)


Mentira é uma declaração feita por alguém sabendo que ela é falsa, na expectativa de que as pessoas possam acreditar na nova versão!

Só que não dá.... então, please..... mentirosos de carteirinha..... fiquem em 2010.... pois mentiras me

cansam!
By Patrícia (uma amiga)

O único tirano que aceito neste mundo é a pequena voz silenciosa que há dentro de mim.
Mahatma Gandhi


Palavras mais buscadas...

ação (3) aconchego (1) acreditar (3) adeus (1) água (8) Alexandre (3) alimentação viva (4) alimento (5) alma (8) alunos (2) amadurecer (3) amar (10) amazônia (12) amigo (14) amigos (9) amizade (8) amor (60) amoral (4) andar (2) ano (2) Apego (10) aprender (4) aproveite (1) Arapoty (1) aristóteles (4) as sete leis (2) ascendente (2) astrologia (25) atitude (6) auto-estima (3) ayurveda (5) batalha (3) beijo (4) beleza (6) bem (6) boca (7) Brasil (17) brasileiros (14) brincar (5) buda (5) busca (2) calma (2) caminhada (2) caminho (6) camisola (1) cancer (5) câncer (4) capricórnio (5) característica (3) carentes (2) carinho (6) casa (5) casal (3) casamento (6) causo (5) cérebro (9) certo (3) chakras (3) china (3) chorar (5) ciclo (2) cigarro (2) cinema (2) coisas impossíveis (2) comer (5) competição (4) conforto (2) confúcio (2) conhecimento (5) consciência (11) conto popular (6) controvérsia (3) cor (12) Cora Coralina (2) coração (13) coragem (3) corpo (18) crenças (6) culpa (7) cura (4) Dalai Lama (2) decorar (12) depressão (8) desabafo (3) desamor (3) desapego (17) destino (12) Deus (16) dia (7) dicas (6) dificuldade (3) dignidade (3) dinheiro (10) ditado (9) ditados populares (5) dito (5) doação (3) doença (11) dor (7) dosha (4) ego (7) emoção (4) emocional (4) emoções (3) energia (10) equilíbrio (3) erro (4) esperança (2) espiritual (7) estilo (2) estória (10) ética (3) ético (4) evolução (7) falar (6) família (11) fazer (3) felicidade (28) feliz (18) festa (4) filho (4) filme (2) filosofia (6) filósofo (3) flor (12) floral (12) flores (14) fofoca (6) frase (30) frases (19) Gandhi (2) gay (3) hábito (5) harmonia (4) hatha yoga (2) heroína (2) história (11) homem (15) honestidade (2) humanidade (5) humano (19) humilde (2) humor (6) idade (6) ignorância (6) imagem (2) incapaz (2) inteligência (7) japão (2) jovem (4) Kaká Werá (3) lábios (2) laranja (3) leão (6) legais (2) legumes (2) lenda (24) lendas (18) liberdade (6) limites (2) língua (3) livre (3) lorota (5) louco (7) loucura (8) luz (3) mãe (3) mágoa (5) mágoas (6) Mahatma Gandhi (3) mal (6) mantra (2) mãos (2) matuto (2) medicina (5) médico (3) Meditação (10) meditar (4) medo (13) mensagem (9) mente (5) mentira (34) mentiras (4) moksha (3) momentos (4) Monge (2) monja coen (2) moral (4) morrer (9) morte (9) motivação (4) mulher (15) mulheres (5) mundo (7) música (6) namoro (3) natal (3) natural (2) natureza (15) nova (2) nutrientes (2) o bem amado (2) obsessiva (3) Odorico (4) orgulho (5) oriental (2) otimista (2) paciência (4) pais (4) paixão (5) palavra (14) palavras (8) Paraguaçu (4) Paris (2) paz (10) pecado (3) pecados capitais (2) peixes (6) pensamento (8) perdoar (3) pererê (2) pergunta (3) persistência (3) personalidade (6) pés (2) Pessoa (4) piadas (2) pior (3) planeta (14) platão (4) poder (3) política (3) político (6) popular (10) populares (4) português (3) positivo (4) prazer (5) prem (2) prem baba (3) preocupação (3) presente (4) problemas (4) professor (5) profissional (3) promessa (2) prosperidade (2) provérbio (23) psicólogo (3) qualidade (2) raiva (4) realidade (22) refletir (2) refrigerante (3) regente (12) rei (2) relação (4) relacionamento (6) relacionamentos (5) religião (5) respeito (4) responsabilidade (9) resposta (5) rico (3) rir (8) riso (5) rosto (2) sabedoria (14) saber (5) saci (3) sagrado (2) sangue (2) Santidade (2) saudade (3) saudável (3) saúde (15) segredo (3) sensatez (2) sensível (2) sentimento (14) sexo (18) sexual (3) Sigmund Freud (2) significados (2) signo (26) signos (26) silêncio (5) sinceridade (3) sincero (2) sindrôme (2) síndrome (2) social (3) sociedade (6) sócrates (3) sofrer (3) sofrimento (3) solidão (5) solidariedade (3) sonhar (4) sorrir (4) sorriso (4) sorvete (2) stress (4) sucesso (5) Sucupira (4) suicídio (3) tempo (12) terapia (3) terra (2) Tibete (2) TPM (4) trabalho (9) transformação (3) travesso (2) triste (3) tristeza (11) tumores (2) universo (3) útil (2) velho (4) velhos (3) veneno (2) verdade (43) vício (2) vícios (3) vida (44) vinyasa yoga (2) virgem (5) virtude (3) vitamina (2) vitória (3) vivência (2) viver (18) voluntário (2) Zen (4)