Frases soltas por aí... no mundo!!

quinta-feira, 31 de julho de 2014

AS DIVERSAS MARIAS...

Algumas expressões populares que utilizamos frequentemente parecem não ter sentido lógico. Na verdade, poucas vezes paramos para pensar o porquê falamos assim. Qual a história por trás de: “Casa da mãe Joana”, “Maria-vai-com-as-outras” e “Inês é morta”? Quem foram estas mulheres? Conheça um pouco mais sobre Joana, Maria e Inês – as protagonistas de três expressões populares da língua portuguesa:


Maria-vai-com-as-outras

Trata-se de uma pessoa Maria-vai-com-as-outras é uma pessoa facilmente influenciável e sempre se deixa levar pela opinião de outras pessoas ou que faz tudo que os outros fazem ou faz aquilo que a mandam fazer. 

Sem personalidade, caráter ou opinião própria que sempre concorda em tudo que lhe falam, mesmo não sendo a favor, se deixa levar pela opinião geral, sem se manifestar e sem se opor.


Dizer que uma pessoa é Maria-vai-com-as-outras significa dizer que ela é facilmente influenciável e se deixa levar pela opinião de outras pessoas. A Maria da expressão é Dona Maria I, rainha de Portugal no final do século XVIII. Ela é conhecida tanto como “A Piedosa” – por sua devoção religiosa – como por “A Louca” – por ter sofrido uma doença mental após a morte de um dos seus filhos. Por causa de sua condição mental, D. Maria vivia reclusa e só saia acompanhada de damas – as outras da expressão.


Casa da mãe Joana
A casa da mãe Joana é o lugar onde tudo vale, onde não há ordem e a bagunça predomina. Quem tem português como língua materna provavelmente já levou bronca da mãe com a frase: “Você pensa que aqui é a casa da mãe Joana?” Sinal de que já era a hora de correr e arrumar a bagunça do seu quarto. A casa da Joana ficava em Avignon, na França. Reza a lenda que Joana era uma moça bonita e inteligente. Rainha de Nápoles no século XIV, ela fugiu para a França depois da morte do seu marido. Joana era poderosa em Avignon e apoiou a regulamentação de bordéis na cidade. Os bordéis então ficaram conhecidos como “Casa-da-mãe-Joana”. Hoje a expressão não é utilizada para designar bordéis, mas para bagunça e desordem.

Inês é morta
A expressão “Inês é morta” foi popularizada na obra “Os Lusíadas”, de Camões. Quer dizer que não há mais solução para uma determinada situação, ou seja: já era! Inês de Castro era uma linda moça da corte portuguesa que foi amante de D. Pedro, rei de Portugal, com quem conviveu e teve filhos. O romance não era aceito pelo então rei de Portugal Afonso IV. Com o apoio do Conselho Real, ele ordenou Inês à morte por decapitação, aproveitando a ausência de Pedro que fora numa excursão de caça.
Quando se tornou rei de Portugal, Dom Pedro concedeu o título de rainha a Inês. Dizem que ela foi coroada em cerimônia formal, mesmo estando seu corpo já em composição. Como Inês já estava morta, o titulo não lhe valia para nada, daí a expressão “Inês é morta”. Os túmulos de Inês de Castro e D. Pedro estão dispostos de frente um para o outro, pé com pé, para que “possam olhar-se nos olhos quando despertarem no dia do juízo final.”

Maria Gastadeira

Que gasta muito. Gasta mais do que possui. Esbanjadora. Irresponsável. Gastadora compulsiva. Oneomania (viciada em consumo).




Maria-gasolina

Aquela que só sai com quem tem carro, a famosa gasosa. Moças e / ou mulheres que só namoram ou saem com rapazes motorizados(que possuam carro). É uma mulher e/ou moça que não possui carro; ou que não tem condições de manter um, porém adora passear e estar dentro de um carro, seja com um homem ou uma outra mulher. 




Maria chuteira

Mulher que gosta somente de jogador de futebol. 




Maria Batalhão

São mulheres que têm forte atração por homens que vestem farda.




Maria Bilheteira

É aquela que se relaciona com alguem que trabalhe na casa de shows só para entrar de graça.




Maria do bairro

Dramática por profissão. Pessoa que aumenta as dores de forma que deseja aparentar ser a pessoa que sofre mais. Muito utilizado na fase de adolescência rebelde.
Como a protagonista da novela, com o mesmo nome, que sempre encontra obstáculos em sua vida.




Maria louca

Gíria usada no garimpo de serra pelada, era uma mistura de biotônico fontoura com álcool.

Palavras mais buscadas...

ação (3) aconchego (1) acreditar (3) adeus (1) água (8) Alexandre (3) alimentação viva (4) alimento (5) alma (8) alunos (2) amadurecer (3) amar (10) amazônia (12) amigo (14) amigos (9) amizade (8) amor (60) amoral (4) andar (2) ano (2) Apego (10) aprender (4) aproveite (1) Arapoty (1) aristóteles (4) as sete leis (2) ascendente (2) astrologia (25) atitude (6) auto-estima (3) ayurveda (5) batalha (3) beijo (4) beleza (6) bem (6) boca (7) Brasil (17) brasileiros (14) brincar (5) buda (5) busca (2) calma (2) caminhada (2) caminho (6) camisola (1) cancer (5) câncer (4) capricórnio (5) característica (3) carentes (2) carinho (6) casa (5) casal (3) casamento (6) causo (5) cérebro (9) certo (3) chakras (3) china (3) chorar (5) ciclo (2) cigarro (2) cinema (2) coisas impossíveis (2) comer (5) competição (4) conforto (2) confúcio (2) conhecimento (5) consciência (11) conto popular (6) controvérsia (3) cor (12) Cora Coralina (2) coração (13) coragem (3) corpo (18) crenças (6) culpa (7) cura (4) Dalai Lama (2) decorar (12) depressão (8) desabafo (3) desamor (3) desapego (17) destino (12) Deus (16) dia (7) dicas (6) dificuldade (3) dignidade (3) dinheiro (10) ditado (9) ditados populares (5) dito (5) doação (3) doença (11) dor (7) dosha (4) ego (7) emoção (4) emocional (4) emoções (3) energia (10) equilíbrio (3) erro (4) esperança (2) espiritual (7) estilo (2) estória (10) ética (3) ético (4) evolução (7) falar (6) família (11) fazer (3) felicidade (28) feliz (18) festa (4) filho (4) filme (2) filosofia (6) filósofo (3) flor (12) floral (12) flores (14) fofoca (6) frase (30) frases (19) Gandhi (2) gay (3) hábito (5) harmonia (4) hatha yoga (2) heroína (2) história (11) homem (15) honestidade (2) humanidade (5) humano (19) humilde (2) humor (6) idade (6) ignorância (6) imagem (2) incapaz (2) inteligência (7) japão (2) jovem (4) Kaká Werá (3) lábios (2) laranja (3) leão (6) legais (2) legumes (2) lenda (24) lendas (18) liberdade (6) limites (2) língua (3) livre (3) lorota (5) louco (7) loucura (8) luz (3) mãe (3) mágoa (5) mágoas (6) Mahatma Gandhi (3) mal (6) mantra (2) mãos (2) matuto (2) medicina (5) médico (3) Meditação (10) meditar (4) medo (13) mensagem (9) mente (5) mentira (34) mentiras (4) moksha (3) momentos (4) Monge (2) monja coen (2) moral (4) morrer (9) morte (9) motivação (4) mulher (15) mulheres (5) mundo (7) música (6) namoro (3) natal (3) natural (2) natureza (15) nova (2) nutrientes (2) o bem amado (2) obsessiva (3) Odorico (4) orgulho (5) oriental (2) otimista (2) paciência (4) pais (4) paixão (5) palavra (14) palavras (8) Paraguaçu (4) Paris (2) paz (10) pecado (3) pecados capitais (2) peixes (6) pensamento (8) perdoar (3) pererê (2) pergunta (3) persistência (3) personalidade (6) pés (2) Pessoa (4) piadas (2) pior (3) planeta (14) platão (4) poder (3) política (3) político (6) popular (10) populares (4) português (3) positivo (4) prazer (5) prem (2) prem baba (3) preocupação (3) presente (4) problemas (4) professor (5) profissional (3) promessa (2) prosperidade (2) provérbio (23) psicólogo (3) qualidade (2) raiva (4) realidade (22) refletir (2) refrigerante (3) regente (12) rei (2) relação (4) relacionamento (6) relacionamentos (5) religião (5) respeito (4) responsabilidade (9) resposta (5) rico (3) rir (8) riso (5) rosto (2) sabedoria (14) saber (5) saci (3) sagrado (2) sangue (2) Santidade (2) saudade (3) saudável (3) saúde (15) segredo (3) sensatez (2) sensível (2) sentimento (14) sexo (18) sexual (3) Sigmund Freud (2) significados (2) signo (26) signos (26) silêncio (5) sinceridade (3) sincero (2) sindrôme (2) síndrome (2) social (3) sociedade (6) sócrates (3) sofrer (3) sofrimento (3) solidão (5) solidariedade (3) sonhar (4) sorrir (4) sorriso (4) sorvete (2) stress (4) sucesso (5) Sucupira (4) suicídio (3) tempo (12) terapia (3) terra (2) Tibete (2) TPM (4) trabalho (9) transformação (3) travesso (2) triste (3) tristeza (11) tumores (2) universo (3) útil (2) velho (4) velhos (3) veneno (2) verdade (43) vício (2) vícios (3) vida (44) vinyasa yoga (2) virgem (5) virtude (3) vitamina (2) vitória (3) vivência (2) viver (18) voluntário (2) Zen (4)