Frases soltas por aí... no mundo!!

Mostrando postagens com marcador crenças. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador crenças. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

DIA DO FOLCLORE - 22 DE AGOSTO

O folclore é um conjunto de tradições e costumes populares que são transmitidos de geração em geração. Cada povo possui um tipo de folclore, e sua cultura popular representa a identidade social de cada comunidade. 
O folclore brasileiro é muito rico e diversificado, e inclui lendas, contos populares, brincadeiras, receitas, e até mesmo festas especiais para comemorar as suas crenças. 

A literatura também é um dos fatores que enriquecem o folclore do Brasil. Entre as diversas histórias contadas na linguagem popular estão a do saci-pererê, do Curupira, do Boto, da Iara e muito mais. 
Dia do Folclore é comemorado em 22 de agosto pelos brasileiros e internacionalmente no dia 22 de agosto. Isso porque nessa mesma data, no ano de 1846, a palavra “folklore” (em inglês) foi inventada. O autor do termo foi o arqueólogo inglês William John Thoms, que fez a junção de “folk” (povo, popular) com “lore” (cultura, saber) para definir os fenômenos culturais típicos das culturas populares tradicionais de cada nação.

Sabemos que o folclore, ou cultura popular, tem despertado grande interesse de pesquisadores de todo o mundo desde o século XIX. É fundamental para um país conhecer as raízes de suas tradições populares e cotejá-las com as de caráter erudito. Os grandes folcloristas encarregam-se de registrar contos, lendas, anedotas, músicas, danças, vestuários, comidas típicas e tudo o mais que define a cultura popular.
Muitos escritores extraem do folclore a base de sua obra. É o caso, no Brasil, do paraibano Ariano Suassuna. Entre os folcloristas brasileiros, os mais notáveis são Mário de Andrade e Câmara Cascudo. Desse último partiu a confecção do grande Dicionário do Folclore Brasileiro, obra monumental que mantém viva a cultura popular das várias regiões do Brasil.
No Brasil, o Dia do Folclore foi oficializado em 17 de agosto de 1965 por meio do Decreto nº 56.747, assinado pelo então presidente Humberto de Alencar Castelo Branco e por seu Ministro da Educação, Flávio Suplicy de Lacerda. No texto do decreto há referência direta a William John Thoms e ao seu pioneirismo na pesquisa das culturas populares. Restrito a três artigos, o conteúdo do decreto determina o ensino do folclore como sendo de importância fundamental para a cultura do país, como pode ser visto abaixo:
Art. 1º Será celebrado anualmente, a 22 de agosto, em todo o território nacional, o Dia do Folclore.
Art. 2º A Campanha de Defesa do Folclore Brasileiro do Ministério da Educação e Cultura e a Comissão Nacional do Folclore do Instituto Brasileiro da Educação, Ciência e Cultura e respectivas entidades estaduais deverão comemorar o Dia do Folclore e associarem-se a promoções de iniciativa oficial ou privada, estimulando ainda, nos estabelecimentos de curso primário, médio e superior, as celebrações que realcem a importância do folclore na formação cultural do país.Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário.Brasília, 17 de agôsto de 1965; 144º da Independência e 77º da República.

O ensino do folclore ainda segue sendo preservado, apesar de o contato com as tradições mais antigas, em quase todos os países ocidentais, ser paulatinamente diluído.

terça-feira, 20 de agosto de 2013

SIMPATIAS, SUPERSTIÇÕES E CRENDICES POPULARES.


O que são?

As simpatias folclóricas e superstições são crendices criadas pelo povo. Muitas pessoas acreditam nelas e as seguem como forma de evitar algo ruim em suas vidas ou até mesmo para atrair e realizar coisas boas. Não possuem nenhuma base científica, porém são interessantes exemplos da cultura popular e do folclore brasileiro. São mais comuns nas regiões rurais do que nos grandes centros urbanos. Nas simpatias a pessoa deve realizar alguma coisa para obter ou afastar algo. Já as superstições ficam apenas no campo da crendice, sem necessidade de realização de algo prático. 



EXEMPLOS DE SIMPATIAS DO FOLCLORE BRASILEIRO:

·         Para afastar os maus espíritos, deve-se colocar sal numa panela e esquentar no fogo.

·         Para nos livrarmos dos maus olhados, devemos espalhar sal grosso pelos cantos da casa.

·         Para fazer um bebê parar de soluçar, basta colar em sua testa um pedaço de linha enrolado e molhado.

·         Para parar de soluçar (esta serve para crianças e adultos), devemos tomar três goles de água.

·         Para a mulher casar rápido, ela deve pegar três fios do seu cabelo e colocar debaixo do véu de uma amiga que está se casando, sem que esta perceba.

·         Para ter sucesso na agricultura, deve-se plantar alho numa sexta-feira santa.

·         Para que uma amiga não fique solteira a vida toda, deve-se cumprimentar ela sempre com três beijos no rosto toda vez que a encontrar.

·         Para fazer uma verruga sumir, deve-se passar sobre ela três grãos de feijão e depois jogá-los para trás sem olhar onde eles caíram.

·         Para conseguir sucesso no casamento, a noiva deve usar uma peça de roupa cor-de-rosa por debaixo do vestido.

·         Pular sete ondas no dia de ano novo traz sorte durante todo ano.

·         Usar roupa branca no primeiro dia do ano traz paz, sorte e saúde em todos os dias do ano.

·         Para tirar uma boa nota numa prova escolar, deve-se entrar na sala de aula com o pé direito.



EXEMPLOS DE SUPERSTIÇÕES DO FOLCLORE BRASILEIRO:

·         Passar por debaixo de uma escada traz azar.

·         Quebrar um espelho resulta em sete anos de azar.

·         Encontrar um trevo de quatro folhas traz muita sorte.

·         Sapo morto de barriga para cima é indício de chuva.

·         Encontrar um gafanhoto verde dentro da residência é indicativo de sorte futura.

·         Quando uma faca cai no chão é sinal de que uma briga acontecerá no lar. Para evitar esta briga é necessário riscar uma cruz no chão, no mesmo local onde a faca caiu.

·         Se uma mulher sair na rua sozinha após a meia-noite, na sexta-feira santa, ela se transformará numa mula-sem-cabeça.

·         Se uma pessoa comer carne na sexta-feira santa poderá se transformar num cavalo.

·         Contar estrelas apontando-as, faz nascer verrugas nos dedos da mão.

·         Desenhar um Sol no chão faz a chuva parar.

·         Pio de coruja é mau agouro.

·         Entrar em casa com terra de cemitério no calçado pode provocar a morte de uma pessoa da residência.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

15 coisas para abrir mão e ser feliz



Aqui está uma lista de 15 coisas que, se você abrir mão, vai tornar sua vida muito mais 
fácil e muito, muito feliz. 


Nos agarramos a tantas coisas que nos causam uma grande quantidade de estresse, dor e sofrimento - e, em vez de desistir de todas elas, em vez de permitir-nos a ser livres de estresse e felizes - nos apegamos a eles. Não mais. A partir de hoje vamos desistir de todas aquelas coisas que não nos servem mais, e vamos aceitar a mudança. Pronto? Aqui vamos nós:
                                  



1. Desista da sua necessidade de estar sempre certo. Há tantos de nós que não podem suportar a ideia de estarem errados - querem ter sempre razão - mesmo correndo o risco de acabar com grandes relacionamentos ou causando uma grande dose de estresse e dor, para nós e para os outros. E não vale a pena. Sempre que você sentir a necessidade "urgente" de saltar em uma briga sobre quem está certo e quem está errado, pergunte a si mesmo: "Eu preferiria estar certo, ou eu prefiro ser gentil?" Wayne Dyer. Que diferença isso vai fazer? É o seu ego realmente tão grande?

                                      

2. Desista da sua necessidade de controle. Esteja disposto a desistir de sua necessidade de sempre controlar tudo o que acontece com você e ao seu redor - situações, eventos, pessoas, etc. Se eles são entes queridos, colegas de trabalho, ou apenas estranhos que você encontra na rua - apenas permita que eles sejam. Permita tudo e todos de serem exatamente como eles são e você verá o quão melhor isso o fará sentir.

"Ao abrir mão tudo é feito. O mundo é ganho por quem se desapega. Mas quando você tentar e tentar. O mundo está além da vitória." -Lao Tzu

                                

3. Desista da culpa. Desista de sua necessidade de culpar os outros pelo que você tem ou não tem, pelo que você sente ou não sente. Pare de abrir mão de seus poderes e comece a tomar responsabilidade pela sua vida.
 

                                             

4. Desista do seu discurso auto-destrutivo. Oh meu. Quantas pessoas estão se machucando por causa de sua negativa, poluída e repetitiva mentalidade derrotista? Não acredite em tudo que sua mente está dizendo a você - especialmente se ela é negativa e autodestrutiva. Você é melhor do que isso.

"A mente é um instrumento excelente, se usado corretamente. Usado de forma errada, no entanto, torna-se muito destrutiva." -Eckhart Tolle

                              

5. Desista de suas crenças limitantes sobre o que pode ou não pode fazer, sobre o que é possível ou impossível. A partir de agora, você não vai mais permitir que suas crenças limitantes o mantenham preso no lugar errado. Abra suas asas e voe!

"Uma crença não é uma ideia realizada pela mente, é uma ideia que mantém a mente." -Elly Roselle

6. Desista de se queixar. Desista da sua constante necessidade de reclamar sobre as muitos, muitos coisas, pessoas, situações, acontecimentos que o fazem infeliz, triste e deprimido. Ninguém pode fazer você infeliz, nenhuma situação pode fazê-lo triste ou infeliz a menos que você o deixe. Não é a situação que desencadeia esses sentimentos em você, mas como você escolhe olhar para ela. Nunca subestime o poder do pensamento positivo.
7. Desista do luxo de criticar. Desista da sua necessidade de criticar coisas, acontecimentos ou pessoas que são diferentes de você. Somos todos diferentes, mas somos todos iguais. Nós todos queremos ser felizes, todos nós queremos amar e ser amados e todos nós queremos ser compreendidos. Nós todos queremos algo, e algo é desejado por todos nós.

                                  

8. Desista da sua necessidade de impressionar os outros. Pare de tentar tanto ser algo que você não é só para fazer os outros gostarem de você. Não funciona dessa maneira. O momento que você parar de se esforçar tanto para ser algo que você não é, no momento em que tirar todas as suas máscaras, no momento em que aceitar e abraçar o seu verdadeiro eu, você vai descobrir que as pessoas serão atraídas para você, sem esforço.

9. Desista da sua resistência à mudança. Mudar é bom. Mudança vai ajudá-lo a se mover de A para B. Mudança irá ajudá-lo a fazer melhorias em sua vida e também nas vidas daqueles ao seu redor. Siga sua felicidade, abrace a mudança - não resista a ela.

"Siga sua felicidade e o universo vai abrir portas para você onde só haviam paredes" -Joseph Campbell

                     

10. Desista dos rótulos. Pare de rotular as coisas, pessoas ou eventos que você não entende como sendo estranhos ou diferentes e tente abrir a sua mente, pouco a pouco. Mentes só funciona quando abertas. 

"A mais elevada forma de ignorância é quando você rejeita algo que não sabe nada a respeito." -Wayne Dyer
                                   

11. Desista de seus medos. O medo é apenas uma ilusão, ele não existe - você o criou. Está tudo na sua mente. Corrija o interior e o exterior vai se harmonizar.

"O único medo que temos de temer é o próprio medo." -Franklin D. Roosevelt

12. Desista de suas desculpas. Mande-os arrumarem suas coisas e diga-lhes que estão demitidas. Você não precisa mais delas. Muitas vezes nos limitamos por causa das muitas desculpas que usamos. Em vez de crescer e trabalhar para melhorar a nós mesmos e nossas vidas, ficamos presos, mentindo para nós mesmos, usando todo o tipo de desculpas - desculpas que 99,9% das vezes não são sequer reais.

                            

13. Desista do passado. Eu sei, eu sei. É difícil. Especialmente quando o passado parece muito melhor do que o presente e o futuro parece tão assustador, mas você tem que levar em consideração o fato de que o momento presente é tudo que você tem e tudo que você vai ter. O passado que você está desejando - o passado que agora você está sonhando - foi ignorado por você quando ele era presente. Pare de se iludir. Esteja presente em tudo que você faz e aproveite a vida. Afinal a vida é uma viagem não um destino. Tenha uma visão clara para o futuro, prepare-se, mas sempre esteja presente no agora.

14. Desista do apego. Este é um conceito que, para a maioria de nós é tão difícil de entender e eu tenho que dizer-lhe que era para mim também, (ainda é), mas não é algo impossível. Você fica melhor e melhor com o tempo e prática. O momento que você separar-se de todas as coisas, (e isso não significa que você desista do seu amor por elas - porque o amor e o apego não têm nada a ver um com o outro, o apego vem de um lugar de medo, enquanto o amor ... bem, o amor real é amável, puro, onde há amor não pode haver medo, e por causa disso, o apego e o amor não podem coexistir), você tornar-se tão calmo, tão tolerante, tão amável e tão sereno. Você vai chegar a um lugar onde vai ser capaz de compreender todas as coisas, sem sequer tentar. Um estado além das palavras.

                                



15. Desista de viver a sua vida às expectativas de outras pessoas. Pessoas demais estão vivendo uma vida que não é delas para viver. Elas vivem suas vidas de acordo com o que os outros pensam que é melhor para elas, vivem suas vidas de acordo com o que seus pais pensam que é melhor para elas, para o que seus amigos, seus inimigos e seus professores, seu governo e a mídia acham que é melhor para elas . Elas ignoram a sua voz interior, aquele chamado interior. Elas estão tão ocupadas agradando todo mundo, vivendo à altura das expectativas de outras pessoas, que perdem o controle sobre suas vidas. Elas esquecem o que os torna felizes, o que elas querem, o que elas precisam .... e, eventualmente, se esquecem de si mesmos. Você tem uma vida - esta aqui e agora - você deve vivê-la, possuí-la e, especialmente, não deixe que as opiniões alheias o distraiam de seu caminho.




Devidamente copiado e compartilhado da amiga Fernanda Basso.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Dois grandes Mestres falando do Medo



Acredito ser o medo uma de nossas mais conhecidas e talvez até mesmo antiga emoções. Desde o tempo da caverna o homem/mulher lutando por sua sobrevivência até a nossa época moderna na batalha para se manter a tona num mundo com rápidas mudanças, o medo é um elemento comum a todos.
Perguntaram a Sri Bhagavan: Porque não conseguimos nos livrar do medo?
Humanidade não TEM medo... Humanidade É medo, Bhagavan afirma. Enquanto tivermos a sensação de um eu (self) separado de tudo e todos sempre teremos medo. Medo de perder o emprego, meu parceiro, meus filhos... Não temos medo, raiva, ódio, inveja. SOMOS medo, raiva, ódio e inveja. No momento que confrontamos nossos medos então o medo se dissipará. Enquanto estivermos correndo do medo haverá sempre a contração.
E é nesse estado de contração que passamos grande parte de nossas vidas e na maioria das vezes condição esta invisível e ignorada por quase todos.
A mente não é nada mais do que medo. No momento em que a percepção de um eu separado desaparecer então o medo dissolverá.  A mente não se transforma: é impossível de transformar a mente.
Você já reparou que tentamos nos apegar a uma realidade exterior para nos mantermos mais seguros? Eu já percebi isso em muitas ocasiões em minha vida, mas mesmo assim me pego acreditando em minha mente tentando sobreviver.
Como por exemplo: a crença de que se minhas circunstâncias exteriores mudarem (...se eu tivesse BASTANTE dinheiro...) meus medos sumiriam. Somente uma ilusão da mente.... de que o dinheiro me traria mais segurança.
O filósofo americano Ken Wilber, explica em seus livros de um psicólogo americano, Abraham Maslow, que propôs uma divisão hierárquica em que as necessidades de nível mais baixo devem ser satisfeitas antes das necessidades de nível mais alto. Cada um tem de "escalar" uma hierarquia de necessidades para atingir a sua auto-realização.
What humans can be, they must be: they must be true to their own nature! (O que os humanos podem ser, eles devem ser: Eles devem ser verdadeiros com a sua própria natureza). O que Bhagavan se refere a integridade interna.
Dentro dessa proposta de Maslow, a medida que elevamos nossos niveis passamos de uma Consciência de Escassez para uma Consciência de Abundância.

Hierarquia das Necessidades de Maslow

Margarida blogou há uns dias atrás sobre a Dinâmica Espiral onde ela comenta sobre os níveis de desenvolvimento e a mudança da primeira camada para a segunda camada. O grande marco diferencial entre as duas camadas, é de uma considerável diminuição em medo quando passamos da primeira para a segunda camada. É quando transcendemos a Consciência de Escassez rumo a uma Consciência de Abundância.
Convido a todos assistirem ao vídeo de Sri Bhagavan a respeito do medo.

by Vera Angelico - Material retirado no blog: 
Blessolutions: www.blogblessolutions.com.br

quinta-feira, 26 de maio de 2011

frases e pensamentos atribuídos ao filósofo Sócrates



- A vida que não passamos em revista não vale a pena viver.

- A palavra é o fio de ouro do pensamento.

- Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância.

- É melhor fazer pouco e bem, do que muito e mal.

- Alcançar o sucesso pelos próprios méritos. Vitoriosos os que assim procedem.

- A ociosidade é que envelhece, não o trabalho.

- O início da sabedoria é a admissão da própria ignorância.

- Chamo de preguiçoso o homem que podia estar melhor empregado.

- Há sabedoria em não crer saber aquilo que tu não sabes.

- Não penses mal dos que procedem mal; pense somente que estão equivocados.

- O amor é filho de dois deuses, a carência e a astúcia.

- A verdade não está com os homens, mas entre os homens.

- Quatro características deve ter um juiz: ouvir cortesmente, responder sabiamente, ponderar prudentemente e decidir imparcialmente.

- Quem melhor conhece a verdade é mais capaz de mentir.

- Sob a direção de um forte general, não haverá jamais soldados fracos.

- Todo o meu saber consiste em saber que nada sei.

- Conhece-te a ti mesmo e conhecerás o Universo de Deus.

Sócrates nasceu em Atenas, provavelmente no ano de 470 aC, e tornou-se um dos principais pensadores da Grécia Antiga. Podemos afirmar que Sócrates fundou o que conhecemos hoje por filosofia ocidental. Foi influenciado pelo conhecimento de um outro importante filósofo grego: Anaxágoras. Seus primeiros estudos e pensamentos discorrem sobre a essência da natureza da alma humana.

Sócrates era considerado pelos seus contemporâneos um dos homens mais sábios e inteligentes. Em seus pensamentos, demonstra uma necessidade grande de levar o conhecimento para os cidadãos gregos. Seu método de transmissão de conhecimentos e sabedoria era o diálogo. Através da palavra, o filósofo tentava levar o conhecimento sobre as coisas do mundo e do ser humano.

Conhecemos seus pensamentos e ideias através das obras de dois de seus discípulos: Platão e Xenofontes. Infelizmente, Sócrates não deixou por escrito seus pensamentos.

Sócrates não foi muito bem aceito por parte da aristocracia grega, pois defendia algumas ideias contrárias ao funcionamento da sociedade grega. Criticou muitos aspectos da cultura grega, afirmando que muitas tradições, crenças religiosas e costumes não ajudavam no desenvolvimento intelectual dos cidadãos gregos.

Em função de suas ideias inovadoras para a sociedade, começa a atrair a atenção de muitos jovens atenienses. Suas qualidades de orador e sua inteligência, também colaboraram para o aumento de sua popularidade. Temendo algum tipo de mudança na sociedade, a elite mais conservadora de Atenas começa a encarar Sócrates como um inimigo público e um agitador em potencial. Foi preso, acusado de pretender subverter a ordem social, corromper a juventude e provocar mudanças na religião grega. Em sua cela, foi condenado a suicidar-se tomando um veneno chamado cicuta, em 399 AC.

quarta-feira, 25 de março de 2009

Frases (barbaridades) futebolísticas


Chegarei de surpresa dia 15, às duas da tarde, vôo 619 da VARIG.'
(Mengálvio, ex-meia do Santos, em telegrama à família quando em excursão à Europa)

'Tanto na minha vida futebolística quanto com a minha vida ser humana.'
(Nunes, ex-atacante do Flamengo, em uma entrevista antes do jogo de despedida de Zico)

'Que interessante, aqui no Japão só tem carro importado.' (Jardel,ex-atacante do Grêmio)

'As pessoas querem que o Brasil vença e ganhe..' (Dunga, em entrevista ao programa Terceiro Tempo)

'Eu, o Paulo Nunes e o Dinho vamos fazer uma dupla sertaneja.' (Jardel, ex-atacante do Grêmio)

'O novo apelido do Aloísio é CB, Sangue Bom.' (Souza, meio-campo do São Paulo, em uma entrevista ao Jogo Duro)

'A partir de agora o meu coração só tem uma cor: vermelho e preto.' (Jogador Fabão, assim que chegou no Flamengo)

'Eu peguei a bola no meio de campo e fui fondo, fui fondo, fui fondo e chutei pro gol.' (Toninho Cerezo, ex-jogador do Atlético Mineiro, ao relatar ao repórter o gol que tinha feito)

'A bola ia indo, indo, indo... e iu!' (Nunes, jogador do Flamengo da década de 80)

'Tenho o maior orgulho de jogar na terra onde Cristo nasceu.' (Claudiomiro, ex-meia do Inter de Porto Alegre, ao chegar em Belém do Pará para disputar uma partida contra o Paysandu, pelo Brasileirão de 72)

'Nem que eu tivesse dois pulmões eu alcançava essa bola.' (Bradock, amigo de Romário, reclamando de um passe longo)

'No México que é bom. Lá a gente recebe semanalmente de 15 em 15 dias.'
(Ferreira, ex-ponta esquerda do Santos)

'Quando o jogo está a mil, minha naftalina sobe.' (Jardel, ex-atacante do Vasco, Grêmio e da Seleção)

'O meu clube estava a beira do precipício, mas tomou a decisão correta, deu um passo a frente.' (João Pinto, jogador do Benfica de Portugal)

'Jogador tem que ser completo como o pato, que é um bicho aquático e gramático.' (Vicente Matheus, eterno presidente do Corinthians)

'O difícil, como vocês sabem, não é fácil.' (Vicente Matheus)

'Haja o que hajar, o Corinthians vai ser campeão.' (Vicente Matheus)

'O Sócrates é invendável, inegociável e imprestável.' (Vicente Matheus, ao recusar a oferta dos franceses)

Palavras mais buscadas...

ação (3) aconchego (1) acreditar (3) adeus (1) água (8) Alexandre (3) alimentação viva (4) alimento (5) alma (8) alunos (2) amadurecer (3) amar (10) amazônia (12) amigo (14) amigos (9) amizade (8) amor (60) amoral (4) andar (2) ano (2) Apego (10) aprender (4) aproveite (1) Arapoty (1) aristóteles (4) as sete leis (2) ascendente (2) astrologia (25) atitude (6) auto-estima (3) ayurveda (5) batalha (3) beijo (4) beleza (6) bem (6) boca (7) Brasil (17) brasileiros (14) brincar (5) buda (5) busca (2) calma (2) caminhada (2) caminho (6) camisola (1) cancer (5) câncer (4) capricórnio (5) característica (3) carentes (2) carinho (6) casa (5) casal (3) casamento (6) causo (5) cérebro (9) certo (3) chakras (3) china (3) chorar (5) ciclo (2) cigarro (2) cinema (2) coisas impossíveis (2) comer (5) competição (4) conforto (2) confúcio (2) conhecimento (5) consciência (11) conto popular (6) controvérsia (3) cor (12) Cora Coralina (2) coração (13) coragem (3) corpo (18) crenças (6) culpa (7) cura (4) Dalai Lama (2) decorar (12) depressão (8) desabafo (3) desamor (3) desapego (17) destino (12) Deus (16) dia (7) dicas (6) dificuldade (3) dignidade (3) dinheiro (10) ditado (9) ditados populares (5) dito (5) doação (3) doença (11) dor (7) dosha (4) ego (7) emoção (4) emocional (4) emoções (3) energia (10) equilíbrio (3) erro (4) esperança (2) espiritual (7) estilo (2) estória (10) ética (3) ético (4) evolução (7) falar (6) família (11) fazer (3) felicidade (28) feliz (18) festa (4) filho (4) filme (2) filosofia (6) filósofo (3) flor (12) floral (12) flores (14) fofoca (6) frase (30) frases (19) Gandhi (2) gay (3) hábito (5) harmonia (4) hatha yoga (2) heroína (2) história (11) homem (15) honestidade (2) humanidade (5) humano (19) humilde (2) humor (6) idade (6) ignorância (6) imagem (2) incapaz (2) inteligência (7) japão (2) jovem (4) Kaká Werá (3) lábios (2) laranja (3) leão (6) legais (2) legumes (2) lenda (24) lendas (18) liberdade (6) limites (2) língua (3) livre (3) lorota (5) louco (7) loucura (8) luz (3) mãe (3) mágoa (5) mágoas (6) Mahatma Gandhi (3) mal (6) mantra (2) mãos (2) matuto (2) medicina (5) médico (3) Meditação (10) meditar (4) medo (13) mensagem (9) mente (5) mentira (34) mentiras (4) moksha (3) momentos (4) Monge (2) monja coen (2) moral (4) morrer (9) morte (9) motivação (4) mulher (15) mulheres (5) mundo (7) música (6) namoro (3) natal (3) natural (2) natureza (15) nova (2) nutrientes (2) o bem amado (2) obsessiva (3) Odorico (4) orgulho (5) oriental (2) otimista (2) paciência (4) pais (4) paixão (5) palavra (14) palavras (8) Paraguaçu (4) Paris (2) paz (10) pecado (3) pecados capitais (2) peixes (6) pensamento (8) perdoar (3) pererê (2) pergunta (3) persistência (3) personalidade (6) pés (2) Pessoa (4) piadas (2) pior (3) planeta (14) platão (4) poder (3) política (3) político (6) popular (10) populares (4) português (3) positivo (4) prazer (5) prem (2) prem baba (3) preocupação (3) presente (4) problemas (4) professor (5) profissional (3) promessa (2) prosperidade (2) provérbio (23) psicólogo (3) qualidade (2) raiva (4) realidade (22) refletir (2) refrigerante (3) regente (12) rei (2) relação (4) relacionamento (6) relacionamentos (5) religião (5) respeito (4) responsabilidade (9) resposta (5) rico (3) rir (8) riso (5) rosto (2) sabedoria (14) saber (5) saci (3) sagrado (2) sangue (2) Santidade (2) saudade (3) saudável (3) saúde (15) segredo (3) sensatez (2) sensível (2) sentimento (14) sexo (18) sexual (3) Sigmund Freud (2) significados (2) signo (26) signos (26) silêncio (5) sinceridade (3) sincero (2) sindrôme (2) síndrome (2) social (3) sociedade (6) sócrates (3) sofrer (3) sofrimento (3) solidão (5) solidariedade (3) sonhar (4) sorrir (4) sorriso (4) sorvete (2) stress (4) sucesso (5) Sucupira (4) suicídio (3) tempo (12) terapia (3) terra (2) Tibete (2) TPM (4) trabalho (9) transformação (3) travesso (2) triste (3) tristeza (11) tumores (2) universo (3) útil (2) velho (4) velhos (3) veneno (2) verdade (43) vício (2) vícios (3) vida (44) vinyasa yoga (2) virgem (5) virtude (3) vitamina (2) vitória (3) vivência (2) viver (18) voluntário (2) Zen (4)