Frases soltas por aí... no mundo!!

Mostrando postagens com marcador mágoas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador mágoas. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

FRASES DE EFEITO... COMO É?



  • Se algumas pessoas se afastarem de você, não fique triste, isso é resposta da oração: “livrai-me de todo mal, amém".

  • Seja Mais forte do que a sua desculpa!






























  • “Liberdade significa não estar preso a absolutamente nada. Somente quando não está preso a nada é que você pode sustentar o êxtase, a alegria sem causa, o contentamento perene que não se abala com nada.”
    Sri Prem Baba

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Cinco maiores arrependimentos antes de morrer

A especialista do Hospital Einstein comenta os cinco maiores arrependimentos que as pessoas têm antes de morrer.


Post from https://menteseficientes.jux.com/799394 / Hospital Albert Einstein

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Mágoa



 A palavra, que tem origem no latim macula, representa um sentimento de desgosto, pesar, sensação de amargura, tristeza, ressentimento.

É um descontentamento que, embora frequentemente brando, pode deixar resquícios que podem durar um bom tempo. Por vezes é possível percebê-lo no semblante, nas palavras e nos gestos de uma pessoa.

Poderíamos dizer que a mágoa é uma forma de suicídio. Viver amargurado, nostálgico pelo o que foi e não é mais. Pelo o que foi e deixou feridas profundas. Um suicídio postergado que vai matando aos poucos, nos envolve de tal forma que não conseguimos mais raciocinar de forma clara a respeito que quem nos magoou, além de gerar medo ou receio de ter novas experiências e relação. Impede o sorriso abundante, que poderia trazer o gosto bom de viver. Impede a confiança no outro.

A mágoa é um sentimento aparentemente insignificante, porém deixa marcas gigantescas em nossa dinâmica interna. Não é uma doença, é apenas um sentimento gerado por formas específicas de pensar. Raciocinar de tal forma que o leve a crer, que aquilo que o outro fez está errado, que não deveria ter feito, que deveria ser mais sensível, pensar mais, que deveria saber o que estava fazendo, que deveria... Todavia, não foi o que aconteceu. O outro tomou atitudes que lhe mostraram uma realidade que desconhecia, inesperada. E o que fazer quando a realidade nua e crua, se apresenta em nossa porta e bate até que abramos? Não bata a porta em sua cara, receba-a como um amigo para uma conversa.

Devemos extrair o máximo de proveito, o máximo de aprendizagens e pensares lúcidos, devemos nos tornar amigos, assim será mais fácil para lidar com a realidade.

Aceitar esse real não significa deixar-se ser dominado. Que o seu sentimento de raiva ou ódio tornem-se num rançoso sentimento de mágoa. Não. O outro apenas lhe mostrou uma realidade. Por sua vez agora, deve analisar o que está sendo mostrado e tirar suas próprias conclusões. Depois se faz necessário que mostres a sua escolha, frente ao que foi apresentado. Não se trata aqui de vingança, mas sim de limites. O outro vai até onde permitimos que vá. O outro entra em nossa vida pelas portas que abrimos, o outro faz conosco aquilo que permitimos que faça. Podes escolher trancar algumas portas, porque não! Podes distanciar-se, podes continuar com reservas. Podes voltar a confiar. Cada um pode fazer a própria escolha consciente, analisando as circunstâncias sem precisar alimentar em si, a mágoa.

Na medida em que nos relacionamos com as pessoas, vamos apreendendo e identificando o terreno de cada um. Percebendo onde podemos pisar ou não. Não é interessante magoar nem ser magoado. No momento em que existe um conhecimento mútuo, é importante que se crie um respeito mútuo, pautado no conhecimento que cada um tem do outro. Se houverem deslizes, deve-se fazer os questionamentos necessários à elucidação do fato. Deve-se se perguntar o que pode ser relevado, absolvido ou mesmo condenado.

Já que a mágoa é um sentimento gerado por uma forma específica de pensar em relação ao outro, para que ela não se forme, precisamos pensar diferente do modelo padrão causador da mágoa. Pensarmos de tal forma que possamos ter lucidez e entendimento com relação aos fatos. Assim, evitamos esse corrosivo sentimento, nos sentiremos mais leves, acabaremos por compreender mais o outro e a nós mesmos.

Extraído do Artigo publicado na Revista Psicologia Brasil de Nº 16 - Dezembro de 2004.


terça-feira, 6 de dezembro de 2011

O Pecado



Temos o livre arbítrio, mas isso não significa que podemos fazer literalmente tudo.


As pessoas antigamente confundiam o “Carpe Diem” que significa “Aproveite o dia”. 


Elas aproveitavam o dia como se não houvesse amanhã, e isso não está errado, desde que o dia seja aproveitado da maneira correta.


Aproveitar o dia, aproveitar a vida, é o que nós devemos fazer, sim, é claro, não vamos viver no meio de tristezas, desilusões, mágoas e coisas piores do que isto, vamos ser felizes. Mas, por que ser feliz? Como eu sou ser feliz ? Como ser feliz? 


O que os dicionários falam sobre pecado?
pecado 

s. m.
1. Transgressão de preceito religioso.
2. Vício.
3. Culpa, falta.

Vamos analisar um por um.
Transgressão de preceito religioso.Ou seja, neste sentido se não se segue religião alguma, não existe pecado, enquanto para muitas tradições, a mínima coisa já seria uma grande transgressão. Cito aqui para ilustrar o Jainismo onde matar um inseto é uma grande pecado, e seus seguidores gastam uma energia e tempo considerável tentando não infringi-lo, ao ponto de só caminhar após varrer o chão a sua frente para garantir que nenhum inseto seja involuntariamente pisoteado. 
  
Vício.
Será que o vício em si pode ser considerado um pecado? Nisargadatta fumava. Gurdjieff  bebia. Osho era viciado em doces apesar de seu diabetes, Krishnamurti gostava de roupas elegantes, carros de luxo e livros de romances baratos. Quem pode dizer quando algo é um vício ou não? A psicologia moderna tende a aceitar até mesmo praticas sexuais pouco ortodoxas como normais, contanto que não prejudique o desempenho da pessoa em sociedade. Então onde vai fixar-se a régua para poder medir se algo é um vício e se pode ser considerado também como um pecado? O mais inteligente seria a pessoa perceber aquilo que lhe faz mal e abandonar tal ato. Mas aí o que chamamos de vício pode ampliar em muito o seu alcance, poderia também abranger relacionamentos destrutivos, masoquistas, de dependência, projeções, as diversas síndromes e complexos, neuroses e todo o leque de comportamento humanos destrutivos.    

Culpa, falta.
Este é aspecto mais destrutivo do conceito de pecado. A culpa destrói toda a possibilidade de crescimento do ser humano. É tanto uma maneira que a sociedade e tradições usam de controlar o comportamento das massas, como também, depois de introjetado, uma espécie de câncer autogerado que corrói a alma. Ramesh enfatizava bastante este aspecto, se as coisas acontecem como tem que acontecer, se cada um age na melhor das intensões(ainda que com suas convicções próprias), com o entendimento que hoje é possível para aquele corpo/mente, aonde entraria a culpa e de quem ela seria? Se tudo é um Todo pulsante, movido a ação e reação, que em essência são impessoais e que acontecem sem controle, qu
ando tem que acontecer, em quem podemos colocar qualquer culpa? É assim que as coisas são, simplesmente acontecem e estão a todo momento em constante mudança, em movimento, em evolução. Aliás se existe algo constante na natureza este algo seria a mudança!     
 
Resumindo: o pecado no sentido de erro, não pode ser algo ruim. E por que não? Pois é a própria maneira como se dá evolução no mundo dos fenômenos. Você já imaginou quantas formas de vida foram criadas e extintas durante a evolução? O processo da natureza, a maneira com que ela trabalha é a tentativa e erro, com sucessos (virtude) e fracassos (pecado). Ou seja, não existe virtude sem pecado, o fracasso de hoje pode ser a base do sucesso de amanhã! Tudo é relativo, tudo muda e transforma-se. E se existe realmente algum pecado, o único pecado realmente a se levar em conta seria o de tentar fixar-se, de resistir ao movimento, ao fluxo do Viver!

Que tal pensarmos um pouquinho?


sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Os três professores da vida...




“Nesta vida temos três professores importantes:

 o ‘Momento Feliz’,
 o ‘Momento Triste’ e
 o ‘Momento Difícil’.

O ‘Momento Feliz’ mostra o que não precisamos mudar.

O ‘Momento Triste’ mostra o que precisamos mudar.

O ‘Momento Difícil’ mostra que somos capazes de superar.”




Os obstáculos te mantém forte.
As mágoas te mantém humano.
Os choques te mantém humilde.
Tu és muito especial hoje e sempre!

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Quem ama a vida?

Adoro as pessoas que amam a vida, que gostam de viver, que são alegres que sabem valorizar cada minuto de felicidade. Nada melhor do que uma certa capacidade de conformação, um jeito de dar a volta por cima nas horas difíceis, de sacudir a poeira das vãs preocupações quando elas só podem nos atrapalhar. Não remoer mágoas é um ato de grande sabedoria. Perdoar, mesmo sem esquecer a ofensa, já é um sábia atitude. Perdoar, com esquecimento é suprema perfeição, coisa assim de quem já se sinta num excelente caminho evolutivo. Um limiar de candidatura ao vestibular de santo. Posicionamento muito cristão.

Adoro as pessoas que sabem fazer amigos, que são sociáveis que se interessam pelo contentamento do próximo. É dessa gente que a melhor parte do mundo é feita, que dá o lado útil da vida, o construtivo, o leal, o bom. De que adianta o negativismo? O que pode a tristeza realizar senão a dor moral de que ela é a própria argamassa? Os tristes estão sempre muito longe da vitória, do sucesso, e até mesmo de uma certa estabilidade vivencial. A tristeza não é o lado normal da criatura, pelo menos não é o mais agradável. Os tristes deveriam parar um pouco e pensar numa mudança mental, sorrir, procurar ver um mundo de coisas lindas que acontecem e estão aí na nossa frente todas as horas. Nada mais positivo do que os momentos de alegria!

Adoro as pessoas que gostam da luz do sol, da brisa, da lua, pessoas que saibam olhar para cima à noite e ver estrelas com atitude de quem sonha! São estas que, por amarem a imensidão do infinito têm a mística ou a lógica da fé, acreditam num poder maior, num verdadeiro foco de amor de quem emana toda a sabedoria. Não se pode viver sem uma crença, uma certeza, uma diretiva para o bem que se pratica e que se recebe. É preciso ter a sensação de plenitude, a consciência firme de que fazemos parte do grande Infinito, partícula de luz eterna e caminhante para a sabedoria.

Adoro as pessoas que sabem esperar quando outras desesperam, que guardam a fé, acima da tormenta de dúvidas, que suportam o peso da própria cruz. Adoro as pessoas que sabem cultivar o lado bom, que sabem discernir o justo valor das causas e das coisas, que amparam com sinceridade os que erram na caminhada da vida, que sustentam sempre o bom ânimo. Que ninguém se engane com falsas apreciações acerca da justiça, porque o tempo é o juiz de todos. Cada criatura colherá da vida não só pelo que faz, mas também conforme esteja fazendo aquilo que faz. Adoro o ouro do tempo e o serviço da paz!

Amanhã será, certamente um belo dia, não tenho dúvidas. O meu sendo de felicidade isso me indica, me dá certeza e confiança. Mas ,para trabalhar e servir, renovar e aprender, acredite, o melhor dia é hoje mesmo, o melhor tempo é agora! Seja feliz!

texto de Wanderlino Arruda


Palavras mais buscadas...

ação (3) aconchego (1) acreditar (3) adeus (1) água (8) Alexandre (3) alimentação viva (4) alimento (5) alma (8) alunos (2) amadurecer (3) amar (10) amazônia (12) amigo (14) amigos (9) amizade (8) amor (60) amoral (4) andar (2) ano (2) Apego (10) aprender (4) aproveite (1) Arapoty (1) aristóteles (4) as sete leis (2) ascendente (2) astrologia (25) atitude (6) auto-estima (3) ayurveda (5) batalha (3) beijo (4) beleza (6) bem (6) boca (7) Brasil (17) brasileiros (14) brincar (5) buda (5) busca (2) calma (2) caminhada (2) caminho (6) camisola (1) cancer (5) câncer (4) capricórnio (5) característica (3) carentes (2) carinho (6) casa (5) casal (3) casamento (6) causo (5) cérebro (9) certo (3) chakras (3) china (3) chorar (5) ciclo (2) cigarro (2) cinema (2) coisas impossíveis (2) comer (5) competição (4) conforto (2) confúcio (2) conhecimento (5) consciência (11) conto popular (6) controvérsia (3) cor (12) Cora Coralina (2) coração (13) coragem (3) corpo (18) crenças (6) culpa (7) cura (4) Dalai Lama (2) decorar (12) depressão (8) desabafo (3) desamor (3) desapego (17) destino (12) Deus (16) dia (7) dicas (6) dificuldade (3) dignidade (3) dinheiro (10) ditado (9) ditados populares (5) dito (5) doação (3) doença (11) dor (7) dosha (4) ego (7) emoção (4) emocional (4) emoções (3) energia (10) equilíbrio (3) erro (4) esperança (2) espiritual (7) estilo (2) estória (10) ética (3) ético (4) evolução (7) falar (6) família (11) fazer (3) felicidade (28) feliz (18) festa (4) filho (4) filme (2) filosofia (6) filósofo (3) flor (12) floral (12) flores (14) fofoca (6) frase (30) frases (19) Gandhi (2) gay (3) hábito (5) harmonia (4) hatha yoga (2) heroína (2) história (11) homem (15) honestidade (2) humanidade (5) humano (19) humilde (2) humor (6) idade (6) ignorância (6) imagem (2) incapaz (2) inteligência (7) japão (2) jovem (4) Kaká Werá (3) lábios (2) laranja (3) leão (6) legais (2) legumes (2) lenda (24) lendas (18) liberdade (6) limites (2) língua (3) livre (3) lorota (5) louco (7) loucura (8) luz (3) mãe (3) mágoa (5) mágoas (6) Mahatma Gandhi (3) mal (6) mantra (2) mãos (2) matuto (2) medicina (5) médico (3) Meditação (10) meditar (4) medo (13) mensagem (9) mente (5) mentira (34) mentiras (4) moksha (3) momentos (4) Monge (2) monja coen (2) moral (4) morrer (9) morte (9) motivação (4) mulher (15) mulheres (5) mundo (7) música (6) namoro (3) natal (3) natural (2) natureza (15) nova (2) nutrientes (2) o bem amado (2) obsessiva (3) Odorico (4) orgulho (5) oriental (2) otimista (2) paciência (4) pais (4) paixão (5) palavra (14) palavras (8) Paraguaçu (4) Paris (2) paz (10) pecado (3) pecados capitais (2) peixes (6) pensamento (8) perdoar (3) pererê (2) pergunta (3) persistência (3) personalidade (6) pés (2) Pessoa (4) piadas (2) pior (3) planeta (14) platão (4) poder (3) política (3) político (6) popular (10) populares (4) português (3) positivo (4) prazer (5) prem (2) prem baba (3) preocupação (3) presente (4) problemas (4) professor (5) profissional (3) promessa (2) prosperidade (2) provérbio (23) psicólogo (3) qualidade (2) raiva (4) realidade (22) refletir (2) refrigerante (3) regente (12) rei (2) relação (4) relacionamento (6) relacionamentos (5) religião (5) respeito (4) responsabilidade (9) resposta (5) rico (3) rir (8) riso (5) rosto (2) sabedoria (14) saber (5) saci (3) sagrado (2) sangue (2) Santidade (2) saudade (3) saudável (3) saúde (15) segredo (3) sensatez (2) sensível (2) sentimento (14) sexo (18) sexual (3) Sigmund Freud (2) significados (2) signo (26) signos (26) silêncio (5) sinceridade (3) sincero (2) sindrôme (2) síndrome (2) social (3) sociedade (6) sócrates (3) sofrer (3) sofrimento (3) solidão (5) solidariedade (3) sonhar (4) sorrir (4) sorriso (4) sorvete (2) stress (4) sucesso (5) Sucupira (4) suicídio (3) tempo (12) terapia (3) terra (2) Tibete (2) TPM (4) trabalho (9) transformação (3) travesso (2) triste (3) tristeza (11) tumores (2) universo (3) útil (2) velho (4) velhos (3) veneno (2) verdade (43) vício (2) vícios (3) vida (44) vinyasa yoga (2) virgem (5) virtude (3) vitamina (2) vitória (3) vivência (2) viver (18) voluntário (2) Zen (4)