Frases soltas por aí... no mundo!!

Vídeos legais

Loading...
Mostrando postagens com marcador responsabilidade. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador responsabilidade. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

FRASES LARGADAS NO MUNDO


O mundo/universo, te reserva algo maior, muito maior do que tudo que você teve até agora... o que você teve, foi muito pequeno perto do que você terá...
Viva o momento presente...


Que possamos honrar e valorizar a irmandade no ciclo que se inicia. Apoiando-nos mutuamente enquanto tomamos coragem de sermos fiéis a nós mesmos.


Você é totalmente responsável pela sua própria vida!


Algo a se dizer, sobre nossas sombras, sobre esse ser que é inquieto, mas faz parte de mim... Reconhecê-lo e aceitá-lo!



Ama e faz o que quiseres.
Se calares, calarás com amor;
se gritares, gritarás com amor;
se corrigires, corrigirás com amor;
se perdoares, perdoarás com amor. 
Se tiveres o amor enraizado em ti, nenhuma coisa senão o amor serão os teus frutos.
Santo Agostinho


OS 7 TIPOS DE PAZ
Os índios Aymara, que habitam há séculos as margens do lago Titicaca, nos Andes, defendem a necessidade de sete diferentes tipos de paz.
O 1º tipo de paz é para dentro de cada um de nós. Com a saúde de nosso corpo, a clareza de nossa mente, a satisfação com nosso trabalho, a alegria com a pessoa que escolhemos para amar. Sem paz consigo mesmo, não há Paz.
O 2º é para cima. Com o espírito de seus antepassados, com Deus. Se você não está em paz com o mundo sobrenatural, espiritual, com a metafísica de sua existência, sua paz está incompleta.
O 3º tipo de paz é para frente, com o seu passado. Diferentemente dos homens brancos com sua arrogante cultura ocidental que põem o passado para trás, os Aymara o colocam para adiante, por ser o visto, o vivido, o conhecido. Quem tem remorsos, culpas, dívidas não pagas, arrependimentos , não está totalmente em paz.
O 4º tipo de paz é para trás, com seu futuro. Quem tem medo do que virá, está assustado com dívidas a pagar, se apavora com o que terá de enfrentar, com a possibilidade de más notícias, com emprego incerto, esperando más notícias, não está em paz.
O 5º é para o lado esquerdo, com seus próximos. Sem a paz familiar, não há paz. Desavenças domésticas, disputas, queixas, ranger de dentes com a família, o descontentamento com familiares e amigos próximos, tira o sentimento de paz.
O 6º tipo de paz é para o lado direito, com seus vizinhos. Não adianta a paz em casa, se do outro lado da rua estão a ameaça, a desavença, o descontentamento com a casa ao lado traz impedimentos para a verdadeira Paz.
E o 7º tipo de paz é para baixo: Com a terra que você pisa, de onde virá seu sustento. Se você provoca a tempestade ou a seca, se o solo secar ou tremer, não haverá paz completa.
Se tudo é nossa projeção, depende apenas de você…


Temos sempre um guerreiro dentro de nós. Resta nos lutar pelo que é certo.



Diz um velho ditado:
"A vida é melhor, quando rimos de nós mesmos."
É difícil, mas interessantemente bom! Suavidade, tranquilidade, observância, silêncio, são alguns pontos a seguirmos e levarmos nossas vidas de um jeito mais leve.


MEDITAÇÃO
Nada mais de ego.
Quando olho para a minha alma, posso sentir os lugares doloridos, onde fui ferido pelo meu ego: me preocupar com o que as pessoas pensam de mim, precisar estar certo, ter raiva quando as coisas não acontecem do meu jeito.
Quando eu abro mão e alcanço a Luz num nível mais alto, esses lugares na minha alma se abrem.
Eu estou livre, meu ego diminui e eu me concentro no que realmente é importante:
Amor, amigos, família, plenitude espiritual.


Tudo depende da importância que você dá!


sexta-feira, 26 de abril de 2013

O ABC DO SER HUMANO

VOCÊ RECEBERÁ UM CORPO
Você pode amá-lo ou odiá-lo, mas ele será seu para o resto de sua vida na terra. Então adquira consciência sobre ele, pois é ele que te permite estar aqui.

VOCÊ SERÁ PRESENTEADO COM LIÇÕES
Você está matriculado em uma escola informal e em tempo integral, chamada "vida". Cada dia nesta escola, você terá a oportunidade de aprender lições. Você pode gostar das lições ou não, mas estas lições serão, inevitavelmente, inseridas em seu currículo evolucional.

NÃO EXISTEM ERROS, APENAS LIÇÕES
Crescimento é um processo de experimentação, uma série de ensaios, erros e vitórias ocasionais. Os experimentos são partes importantíssimas do processo, portanto, não se prenda a erros e acertos, mas sim em experimentações positivas e negativas.

A LIÇÃO É REPETIDA ATÉ QUE VOCÊ APRENDA
As aulas serão sempre repetidas para você em várias formas até que você aprenda com elas. Quando você aprender, automaticamente passará para a próxima lição.

A APRENDIZAGEM NÃO TERMINA
Não há nenhuma parte da vida que não contenha lições. Se você está vivo, sempre haverão lições a serem aprendidas. O conhecimento e o aprendizado são eternos.

"LÁ" NÃO É MELHOR QUE "AQUI"Não existe lugar melhor nem pior. O que torna o lugar bom ou ruim é você mesmo, com sua postura, sua aceitação, sua intenção, seus sentimentos e seus pensamentos. Faça um lugar melhor onde você se encontra neste momento, que é o "AQUI". O "LÁ", deixe para pensar nisso quando lá você estiver.

AS OUTRAS PESSOAS SÃO SEUS ESPELHOS
Você não pode amar ou odiar algo sobre outra pessoa, a menos que reflita algo que você ama ou odeia em você mesmo. Nesta vida somos projetores de sentimentos refletindo-se em espelhos.

O QUE VOCÊ FAZ COM SUA VIDA É RESPONSABILIDADE SUA
Você tem todas as ferramentas e recursos que você precisa. O que você faz com elas é com você, não com os outros. Ninguém é responsável por sua vida boa ou ruim. Isso é apenas você quem determina e cria.

SUAS RESPOSTAS ESTÃO DENTRO DE VOCÊ
Não procure na sociedade, não procure na religião, não procure em livros, e principalmente, não procure em outras pessoas. A coisa está dentro de você. Tudo o que você precisa fazer é ver, ouvir e confiar.

Achou dificil viver neste corpo físico ? Pois acredite. É bem mais fácil do que você imagina. Basta ser você mesmo, observar você mesmo, sentir você mesmo, amar você mesmo e viver você mesmo ! Nesta vida, não existem os outros, não existe a unidade, se não existir VOCÊ !


por Cherie Carter-Scott
revisado e readaptado por Ricardo Prado 

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Qual é a sua patologia? Parte 1



A Paranoia

A paranoia está classificada entre as doenças mentais, sendo grande o número de indivíduos acometidos pelos seus sintomas.

A sociedade conta, infelizmente, com esses doentes, sem se dar conta de sua periculosidade. Geralmente têm um convívio social aceitável, não raras vezes de importância. São extremamente inteligentes e usam sua capacidade para fins escusos ou úteis.

Não são casos de internação, a não ser que apresentem crises (na esquizofrenia paranoide), mas criam dificuldades com as pessoas com as quais convivem.

Segundo Mira Y Lopes, a descrição desse tipo de personalidade é a seguinte: “É o tipo que se julga superior a todos, achando-se sempre com razão. Não raciocina, racionaliza. É um sofista e grande argumentador, de modo que os seus adversários dizem: embora o sr. não me convença, vence-me na argumentação.

“O paranoide tem tal capacidade de argumentação, que é capaz de tomar qualquer frase do seu interlocutor e convencê-lo do contrário. É um polemista e tem um tirocinio especial para a advocacia. Muitas vezes, defendendo um criminoso, consegue libertá-lo, deixando um perigoso facínora em ação novamente.

“Geralmente, em virtude de sua capacidade de argumentação, resistência e perseverança, ele chega a altos postos, procurando resolver problemas difíceis, principalmente os de caráter pleiteante e reivindicativo, como os que agitam os grupos de trabalho.

“Eles causam atritos de toda espécie, e quando as pessoas com as quais convivem duvidam de sua sanidade, eles dizem: Vocês pensam que eu sou paranoico, mas não sou. E, na realidade, são.”

Enquanto o paranoico não exerce cargo de responsabilidade, como o da direção de um país, por exemplo, poderá mais ou menos adaptar-se. Mas quando sobe na escala social, as projeções que faz se encarregam de torná-lo nocivo. E realizam seu papel, enganando os outros.

Um Adolf Hitler, na Alemanha (país com um povo culto), conseguiu enganar a todos por muitos anos. Somente no final, quando a situação era completamente caótica, é que perceberam toda a extensão de sua doença.


Norberto R.  Keppe* Extrato do livro A Medicina da Alma, Cap. 17,  pág. 157

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Frases sobre liberdade


"O segredo da felicidade é a liberdade. O segredo da liberdade é a coragem."  

 (Tucídides - antigo historiador grego e autor, 460-404 AC )

"Conformidade é o carcereiro da liberdade eo inimigo do crescimento."
(John Fitzgerald Kennedy, 29 de maio de 1917 — 22 de novembro de 1963, foi um político estadunidense que serviu como 35° presidente)

"Aquele que é corajoso é livre."
 Sêneca (filósofo romano)



                              

" A liberdade não vale a pena ter se não inclui a liberdade de cometer erros. "
 (Mahatma Gandhi - Filósofo indiano, internacionalmente respeitado por sua doutrina de protesto não-violento, 1869 - 1948)

"Liberdade, em geral, pode ser definida como a ausência de obstáculos para a realização dos desejos"
 (Bertrand Russell - Filosofo Inglês  1872 - 1970 )
"Eu sei, mas uma liberdade que é a liberdade da mente."
 (Antoine de Saint-Exupéry - piloto francês, escritor e autor de "O Pequeno Príncipe", 1900 - 1944)
 


"O homem é livre no momento em que ele deseja ser."
 (Voltaire - Filósofo e escritor francês. Um dos maiores de todos os autores franceses,. 1694 - 1778)

 
"Enquanto nós somos livres para escolher nossas ações, não somos livres para escolher as conseqüências de nossas ações."
 (Stephen R. Covey)

"A única maneira de lidar com um mundo sem liberdade é tornar-se tão absolutamente livre que sua existência é um ato de rebeldia."
 (Albert Camus - Romancista , ensaísta e dramaturgo Francês, Prêmio Nobel da Literatura de 1957, 1913 - 1960 )  


"Qualquer existência privados de liberdade é uma espécie de morte."
 (Michel Aoun Gen)

"Há apenas dois tipos de liberdade no mundo, a liberdade dos ricos e poderosos, bem como a liberdade do artista e do monge que renuncia posses"
 (Anais Nin - francês nascido americano. Autor de romances e contos, 1903 - 1977)

"Aqueles que desejam dar-se liberdade a fim de obter segurança não tem, nem merece, qualquer uma."
(Benjamin Franklin - Estadista , cientista , filósofo , Escritor e Inventor americano. 1706 - 1790)

"A liberdade nunca é voluntariamente dada pelo opressor, deve ser exigida pelo oprimido."
(Martin Luther King, Jr. - pator batista americano e líder dos direitos civis. 1929 - 1968)

" A liberdade consiste em ser audaz. "
(Robert Frost - americano poeta, 1874 - 1963 )
                        

"Liberdade não é nada, mas a chance de ser melhor."
 (Albert Camus - romancista, ensaísta e dramaturgo francês, Prêmio Nobel da Literatura de 1957, 1913 - 1960)

"A liberdade é um negócio de pacote - com ele vem as responsabilidades e conseqüências"  (Anônimo)  

"Ninguém está livre, até os pássaros estão acorrentados ao céu."
(Bob Dylan - Cantor popular americano, b.1941)

"Uma biblioteca é um arsenal de liberdade."  (Anônimo) 
 
                      

"Liberdade é o direito de dizer às pessoas o que elas não querem ouvir"
 (George Orwell - romancista e ensaísta inglês, 1903 - 1950)

‎"Tudo o que é realmente grande e inspirador é criado pelo indivíduo que pode trabalhar em liberdade." (Albert Einstein)

Todas as grandes coisas são simples, e muitas podem ser expressas em uma única palavra: liberdade, justiça, honra, dever, misericórdia, esperança. (Winston Churchill)




quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Adiando a saída da casa dos pais... (parte 2)


Dificuldades no mercado de trabalho ajudam a adiar saída da casa dos pais

Conseguir um emprego e atingir sucesso profissional são objetivos de qualquer pessoa que pretende ingressar no mercado de trabalho. Além disso, a independência financeira é o principal componente para começar a buscar o próprio espaço, distanciando-se pelo menos um pouco do domínio dos pais.

Para a psicóloga e escritora Olga Inês Tessari, de São Paulo, a estabilidade financeira é indispensável para que a pessoa tenha “vida própria em todos os sentidos”. “De que adianta sair de casa e continuar sendo sustentado pelos pais? Nesse caso, o filho só mudou de endereço, mas continua dependente deles”, afirma.

Por outro lado, ela lembra que a dificuldade de conquistar uma colocação no mercado de trabalho também adia a possibilidade de o jovem ir morar sozinho. Roberto Stelling, de 25 anos, que mora no Rio de Janeiro, está vivendo esta situação. Formado em Marketing há dois anos, ele não conseguiu emprego na área após concluir o curso.

Decidiu mudar de foco e começou a estudar para prestar concursos públicos. “Neste momento, não tenho planos de morar sozinho até me estabilizar financeiramente. E, para isso, espero ser aprovado em algum concurso”, conta.

Enquanto aguarda um resultado positivo, Roberto não vê problemas em permanecer na casa dos pais. “Aqui, tenho menos preocupações, inclusive financeiras. A desvantagem principal, se não for a única, é não ter liberdade total, mas, mesmo assim, para mim não é um problema”, afirma.

 

De volta para casa



A psicóloga e consultora de imagem Mara Pusch, de São Paulo, lembra casos de filhos que moram por um período fora da casa dos pais, mas depois acabam retornando. “Isso acontece principalmente em famílias de classe média e classe média alta, em que os pais continuam sustentando os filhos, mesmo que eles tenham se mudado”, explica.

Rodrigo Soares Bragante, de 29 anos, decidiu voltar para casa, mas por um motivo diferente. Ele vive em São Paulo, onde trabalha como classificador de materiais em uma empresa de compra e venda de ligas de metal. Atualmente, mora com a mãe e avó, de 96 anos, que está doente. “Já tive oportunidade de dividir um apartamento com amigos, mas não me sinto bem em fazer isso enquanto minha avó estiver precisando dos cuidados da minha mãe”, explica.

Ele revela que contribui nas tarefas domésticas, mas reconhece a comodidade de não precisar lavar e passar roupas nem ter de cozinhar. “Não que eu não ajude a minha mãe, mas sei que morando sozinho seria bem mais difícil em relação a isso.”

Entretanto, Rodrigo lamenta perder um pouco da sua privacidade. “Apesar de ter quase 30 anos, querendo ou não você acaba tendo de prestar contas em relação ao que faz ou deixa de fazer da sua vida”, diz.

Segundo Olga Tessari, para um jovem maduro, o retorno à casa dos pais pode ser como “retroceder no tempo”. “Esses jovens agem no sentido de morar com os pais apenas o tempo necessário para que se tornem independentes financeiramente e possam voltar a morar sozinhos novamente”, explica.


Filhinho está em casa, até os 40 anos... 41... 42...




Filhos crescem, começam a trabalhar, porém resistem em deixar a casa dos pais

Sair de casa, afastar-se do controle dos pais e assumir novas responsabilidades. Por algumas gerações, esse foi o ideal dos jovens brasileiros para mostrar independência – até mesmo financeira – e autoafirmação. Mas essa é uma tendência que vem se modificando. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 8 milhões de brasileiros, entre 25 anos e 40 anos, moram atualmente na casa dos pais. Eles são conhecidos como a geração canguru, segundo os especialistas.

De acordo com a psicóloga e consultora de imagem Mara Pusch, de São Paulo, não existe uma idade determinada para que os filhos se mudem. Porém, é preciso que haja um amadurecimento por parte deles. “Não há uma regra. No entanto, quando o jovem termina os estudos, começa a trabalhar e se sustentar, espera-se se que ele queira liberdade e independência, sem ter de seguir regras impostas pelos pais”, afirma.

Mara lembra também que o conforto representa um papel importante para essa permanência. “Tem sempre uma pessoa organizando a casa, além de roupa lavada e passada e da comida feita. Graças ao afeto dos pais, cria-se uma situação de comodismo”, enfatiza.

 

Sem planos de sair de casa

É exatamente essa realidade que vive o policial militar Patrick Ferraz, de 30 anos, que mora no Rio de Janeiro. Há oito anos, ele trabalha na corporação. Apesar disso, ainda vive com os pais e a irmã mais nova, de 20 anos. “Em casa, tenho segurança econômica, comodidade e afeto 24 horas por dia”, diz.

Por enquanto, Patrick não traça qualquer plano de ir atrás do seu próprio espaço. “Às vezes, até existe a questão da falta de privacidade, mas gosto muito do meu lar e lá encontro tudo que preciso. Portanto, não tenho de procurar outro lugar.”

Para alguns especialistas, esse tipo de comportamento não é o ideal. A psicóloga Olga Inês Tessari, de São Paulo, autora do livro Dirija sua Vida sem Medo, acredita que o indivíduo deve buscar mais liberdade. “O jovem necessita fazer o que lhe convém, sem se submeter a regras com as quais não concorda.”

Por isso, ela defende a importância de se distanciar um pouco do lar e da influência direta dos familiares para o amadurecimento da pessoa. “Sair da casa dos pais é a chance de ter seu próprio espaço, com independência e individualidade, de aprender a lidar com situações conflitantes, melhorar a autoestima e crescer ainda mais”, afirma.

Mara Pusch completa dizendo que a experiência é importante também para criar uma “outra rotina”. “O fato de morar sozinho dá a possibilidade de construir uma nova vida, de arriscar mais e sair desse comodismo”, conclui.


quarta-feira, 11 de maio de 2011

PRATICANDO O DESAPEGO

Exergue os términos com outros olhos e aprenda a dizer adeus

"Muitas vezes nos apegamos a situações que já não fazem mais sentido, somente pela rotina."

A entrega do Oscar de melhor filme estrangeiro neste ano trouxe uma surpresa. O filme japonês Partidas (Departures /Okuribito) levou a tão desejada estatueta no lugar de outros filmes mais incensados pela crítica. Mas afinal de contas, o que Partidas tem que o torna tão especial? Trata-se da história de um homem na faixa dos 20 anos, casado, que toca violoncelo numa orquestra em Tóquio, e esta é dissolvida pelo patrocinador. Ele volta à sua cidade natal com a sua mulher e consegue um emprego no qual ganha muito bem. O que o desagrada é o novo trabalho em si: arrumar defuntos para serem cremados, numa cerimônia em que a família da pessoa morta está presente. À medida em que ele persiste no emprego, começa a perceber a importância do que faz e a dignidade de honrar os mortos em sua despedida.

Um outro filme, este feito para a TV, pela HBO, chamado Correr Riscos(Taking Chance) mostra um coronel que escolta o corpo de um soldado morto na guerra do Iraque para ser entregue a seus pais no interior, e também fala de despedir-se com dignidade.

A morte faz parte da vida, mas muitas vezes a negamos, talvez pelo medo, talvez por estarmos ocupados demais tentando sobreviver. Quando entendemos a morte como a outra face da vida, esta toma um novo sentido. Podemos efetivamente viver - e não somente sobreviver. Geralmente a morte, principalmente de pessoas queridas, nos sacode de nossa zona de conforto, de uma forma mais ou menos intensa, provocando questionamentos sobre a vida, principalmente sobre aquelas questões que adiamos a resolução. A morte nos lembra que tudo passa, que nada é para sempre, e dá uma noção real de que o tempo anda, e não espera.

É preciso saber dizer adeus a quem nos deixa, mesmo sabendo que o que está presente naquele instante é um corpo sem vida. Isso realça a dignidade da vida, não só daquele que morreu, mas de quem ainda vive.

Dizer que a morte faz parte da vida nos faz pensar só no final, mas é muito mais presente do que isso: a cada situação em que precisamos terminar algo para começar uma nova etapa da vida, a morte está ali. Na Índia, a religião hindu tem uma trindade de deuses, formada por Brahma, Shiva e Vishnu. Brahma é o criador de tudo, Shiva é o destruidor e Vishnu o preservador. Parece meio sinistro um deus que destrói, mas é através da destruição do que está gasto que há renovação, que é possível nascer o novo. Não à toa, Shiva é o deus mais adorado na Índia, tendo muito mais templos onde é cultuado, do que os outros deuses da trindade hindu.

Pode parecer absurdo o que eu vou dizer, mas integre a morte em sua vida para que você possa viver mais plenamente. Busque soluções para aqueles problemas que vem adiando, como se o tempo não passasse. Perceba o que já terminou em sua vida, e você não reconhece. Muitas vezes nos apegamos a situações que já não fazem mais sentido, somente pela rotina.

Podem ser situações de trabalho, de relacionamento, de hábitos. Viver tendo presente a perspectiva de que morreremos não deveria trazer medo, mas acentuar a responsabilidade que temos de fazer com que a nossa vida tenha o rumo que planejamos para ela. Assim, podemos ser dignos de um dia morrer conscientes de que buscamos (mas nem sempre conseguimos) realizar aquilo que é necessário da melhor forma possível.

domingo, 26 de julho de 2009

Eu te Amo!


Eu Te Amo!


Com o tempo em que venho praticando o Ho'oponopono ficou natural, diante de qualquer situação, falar imediatamente as frases... Sinto muito! Me perdoe! Te Amo! Sou grata!
Todas esta frases... ou somente "Eu Te Amo"! Sem precisar fazer o pedido, porque dentro de mim, esse caminho já ficou conhecido e automaticamente já assumo 100% de responsabilidade, sabendo que aquilo que aparece fora é só uma memória equivocada sendo repetida e que o caminho até a Divindade se dá pela criança interior.
Acredito tratar-se de uma transição natural que acontece com todo mundo durante o processo. Claro que não tem nenhuma regra fixa e às vezes faço o pedido... o importante é que funciona. Sempre funcionou desde o inicio...

Estava lendo o livro "Limite Zero" de Joe Vitale e do Dr. Len, que já está disponível em português, e eu estava bem na parte em que o Dr. Len explica:
"Os problemas são memórias que estão sendo reencenadas... As memórias são programas. Elas não são apenas suas. São compartilhadas. A maneira de liberar a memória é enviando Amor para a Divindade. Esta escuta e responde, mas da maneira que é melhor para todos, no momento certo para vocês. Vocês escolhem, mas não decidem. Quem decide é a Divindade".

Então resolvi experimentar, por alguns dias, a Amar tudo, enviando Amor para a Divindade... para todos que cruzassem meu caminho... em qualquer situação e falando o dia inteiro "Eu Te Amo!" para a Divindade.

Fiz isso... e a princípio, como muitas pessoas falam no livro, a frase pode parecer vazia de sentimento, mas aos poucos nosso coração vai se aquecendo e começamos a sentir mais esse amor fluindo.
No segundo dia dessa prática, tive que ir renovar meu passaporte e quando passava por uma rua muito movimentada... uma moto me assustou ao passar bem próxima ao meu carro, bem do meu lado... mas imediatamente pensei Eu te Amo!
Vi que isso dissolveu qualquer medo ou julgamento que antes eu poderia ter tido diante da mesma situação.
E assim continuei durante todo o percurso. Quando cheguei no local escolhi uma cadeira na última fileira e na mesma hora percebi que uma mulher virou a cabeça e me olhou... Continuava falando Eu te Amo! E enviando Amor...
A mulher continuava me olhando insistentemente, mas... Eu Te Amo! Eu te Amo! Eu te Amo... foi o bastante para dissolver qualquer incomodo ou julgamento que pudesse vir daquela situação.
Ela me olhando não era bom nem ruim e percebi que podia amar aquela mulher assim como ela era...

Como estava perto da porta, começou um vento frio nas minhas costas... e imediatamente enviei Amor, sempre falando "Eu Te Amo!" para a Divindade...
Antes eu procuraria uma outra cadeira porque tinha uma crença que o "vento nas costas me faz ficar resfriada"... Continuei ali e passei até a gostar da sensação gerada por aquele vento. E depois constatei que não fiquei resfriada e nem com o nariz entupido.

Na volta para casa, enquanto passava por um local de muitos prédios e super movimentado me surpreendi quando, naturalmente, meu rosto se voltou para a direita e meus olhos pararam em uma roseira com lindas rosas cor de rosa. Nunca esperei que ali entre tantos prédios comerciais, uma casinha pequena e simpática ainda pudesse sobreviver e ter no seu jardim rosas tão lindas.
Mais a frente virei para o outro lado da rua e olhei direto para um lindo arco-íris estampado em um cartaz...
Continuei dirigindo e falando "Eu Te Amo!" e fui percebendo como meu olhar só era atraído por coisas que me tocavam o coração... uma borboleta laranja... uma arvorezinha muito encantada!
Comecei a observar para onde meu olhar era guiado e a me surpreender cada vez mais ao perceber que sempre ali existira algo que me fazia sentir bem...

Na ida encontrei situações às quais antes reagiria automaticamente com medo ou algum julgamento equivocado... e pude constatar como... quando falamos "Eu te Amo!" como primeira coisa diante de qualquer situação, isso nos afasta de uma reação baseada em memórias repetidas. Se persistirmos enviando Amor, fica bem fácil identificarmos que ali está uma pessoa que compartilha memórias equivocadas conosco e que o "Eu te Amo!" faz a limpeza... e o que poderia se transformar em um problema se dissolve naturalmente.

Veio-me à cabeça o mandamento de Jesus: "Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei".
Ele nos Amou como a Divindade ama... Quando o Ho'oponopono nos ensina a falar "Eu Te Amo!" para a Divindade, entendo que estamos falando "Eu te Amo" para Todos, porque nesse nível não existe separação.
Mas não importa o entendimento em nível racional e sim a mudança que ocorre nas nossas vidas e a certeza que a Divindade passa a nos inspirar.

Eu Te Amo!

Rubia A. Dantés

Ocorreu um erro neste gadget

Palavras mais buscadas...

ação (3) aconchego (1) acreditar (3) adeus (1) água (8) Alexandre (3) alimentação viva (4) alimento (5) alma (8) alunos (2) amadurecer (3) amar (10) amazônia (12) amigo (14) amigos (9) amizade (8) amor (60) amoral (4) andar (2) ano (2) Apego (10) aprender (4) aproveite (1) Arapoty (1) aristóteles (4) as sete leis (2) ascendente (2) astrologia (25) atitude (6) auto-estima (3) ayurveda (5) batalha (3) beijo (4) beleza (6) bem (6) boca (7) Brasil (17) brasileiros (14) brincar (5) buda (5) busca (2) calma (2) caminhada (2) caminho (6) camisola (1) cancer (5) câncer (4) capricórnio (5) característica (3) carentes (2) carinho (6) casa (5) casal (3) casamento (6) causo (5) cérebro (9) certo (3) chakras (3) china (3) chorar (5) ciclo (2) cigarro (2) cinema (2) coisas impossíveis (2) comer (5) competição (4) conforto (2) confúcio (2) conhecimento (5) consciência (11) conto popular (6) controvérsia (3) cor (12) Cora Coralina (2) coração (13) coragem (3) corpo (18) crenças (6) culpa (7) cura (4) Dalai Lama (2) decorar (12) depressão (8) desabafo (3) desamor (3) desapego (17) destino (12) Deus (16) dia (7) dicas (6) dificuldade (3) dignidade (3) dinheiro (10) ditado (9) ditados populares (5) dito (5) doação (3) doença (11) dor (7) dosha (4) ego (7) emoção (4) emocional (4) emoções (3) energia (10) equilíbrio (3) erro (4) esperança (2) espiritual (6) estilo (2) estória (10) ética (3) ético (4) evolução (7) falar (6) família (11) fazer (3) felicidade (28) feliz (18) festa (4) filho (4) filme (2) filosofia (6) filósofo (3) flor (12) floral (12) flores (14) fofoca (6) frase (30) frases (19) Gandhi (2) gay (3) hábito (5) harmonia (4) hatha yoga (2) heroína (2) história (11) homem (15) honestidade (2) humanidade (5) humano (19) humilde (2) humor (6) idade (6) ignorância (6) imagem (2) incapaz (2) inteligência (7) japão (2) jovem (4) Kaká Werá (3) lábios (2) laranja (3) leão (6) legais (2) legumes (2) lenda (24) lendas (18) liberdade (6) limites (2) língua (3) livre (3) lorota (5) louco (7) loucura (8) luz (3) mãe (3) mágoa (5) mágoas (6) Mahatma Gandhi (3) mal (6) mantra (2) mãos (2) matuto (2) medicina (5) médico (3) Meditação (10) meditar (4) medo (13) mensagem (9) mente (5) mentira (34) mentiras (4) moksha (3) momentos (4) Monge (2) monja coen (2) moral (4) morrer (9) morte (9) motivação (4) mulher (15) mulheres (5) mundo (7) música (6) namoro (3) natal (3) natural (2) natureza (15) nova (2) nutrientes (2) o bem amado (2) obsessiva (3) Odorico (4) orgulho (5) oriental (2) otimista (2) paciência (4) pais (4) paixão (5) palavra (14) palavras (8) Paraguaçu (4) Paris (2) paz (10) pecado (3) pecados capitais (2) peixes (6) pensamento (8) perdoar (3) pererê (2) pergunta (3) persistência (3) personalidade (6) pés (2) Pessoa (4) piadas (2) pior (3) planeta (14) platão (4) poder (3) política (3) político (6) popular (10) populares (4) português (3) positivo (4) prazer (5) prem (2) prem baba (3) preocupação (3) presente (4) problemas (4) professor (5) profissional (3) promessa (2) prosperidade (2) provérbio (23) psicólogo (3) qualidade (2) raiva (4) realidade (22) refletir (2) refrigerante (3) regente (12) rei (2) relação (4) relacionamento (6) relacionamentos (5) religião (5) respeito (4) responsabilidade (8) resposta (5) rico (3) rir (8) riso (5) rosto (2) sabedoria (14) saber (5) saci (3) sagrado (2) sangue (2) Santidade (2) saudade (3) saudável (3) saúde (15) segredo (3) sensatez (2) sensível (2) sentimento (14) sexo (18) sexual (3) Sigmund Freud (2) significados (2) signo (26) signos (26) silêncio (5) sinceridade (3) sincero (2) sindrôme (2) síndrome (2) social (3) sociedade (6) sócrates (3) sofrer (3) sofrimento (3) solidão (5) solidariedade (3) sonhar (4) sorrir (4) sorriso (4) sorvete (2) stress (4) sucesso (5) Sucupira (4) suicídio (3) tempo (12) terapia (3) terra (2) Tibete (2) TPM (4) trabalho (9) transformação (3) travesso (2) triste (3) tristeza (11) tumores (2) universo (3) útil (2) velho (4) velhos (3) veneno (2) verdade (43) vício (2) vícios (3) vida (44) vinyasa yoga (2) virgem (5) virtude (3) vitamina (2) vitória (3) vivência (2) viver (18) voluntário (2) Zen (4)
Ocorreu um erro neste gadget